Juiz de Currais Novos determina que atropelador embriagado pague mensalidade a vítima

O juiz Ricardo Antônio Fagundes, da 2ª Vara da Comarca de Currais Novos, deferiu uma Medida Liminar em favor de uma vítima de acidente de trânsito, ocorrido há poucos dias, na saída de Currais Novos para a RN 041, o qual foi causado por um motorista embriagado.

Na decisão, ele atendeu ao pedido da Advogada da vítima, Dra. Flávia Maia, e determinou, além do pagamento mensal de um salário mínimo, o imediato bloqueio do veículo de propriedade do acusado, impondo-lhe a restrição a venda junto ao DETRAN/RN.

“Esta medida judicial se apresenta com um duplo caráter. O primeiro deles é o punitivo, de forma que a resposta célere da justiça ameniza o sofrimento da vítima. O segundo deles é o pedagógico, para que o acusado compreenda o tamanho do dano causado a sociedade por ter transgredido a lei ao dirigir embriagado” disse a advogada Dra. Flávia Maia.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Currais Novos paga mais uma vez dentro do mês trabalhado

A Secretaria Municipal de Finanças anunciou na manhã desta quinta-feira (30) que estará efetuando o pagamento da folha do funcionalismo municipal nesta sexta (31).
A medida representa para a economia de Currais Novos, uma significativa injeção de recursos, na ordem de cerca de 2,4 milhões de reais.
Segundo o Secretário Municipal de Finanças, Patrício Dantas, mesmo com a queda no repasse do FPM em janeiro em mais de 9% em relação ao mesmo período do ano passado, “vamos manter nosso compromisso junto ao funcionalismo”, comentou Patrício.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Com gol de calcanhar de Nenê, Fluminense bate o Flamengo no Maracanã

35

O jogo foi de poucas emoções, mas rendeu ao torcedor ao menos uma grande jogada: o gol de calcanhar de Nenê. Com o lance, o meia decidiu o Fla-Flu desta quarta-feira, pela quarta rodada da Taça Guanabara, e manteve o Fluminense como único 100% no Campeonato Carioca.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Filha de diarista é aprovada em medicina na UFRN

estudante no 10Desde o resultado do Sistema Unificado de Seleção (Sisu), divulgado na terça-feira (28), a família de Raíssa Nascimento, de 21 anos, vive momentos de um sonho de infância da jovem. Moradora do bairro Guarapes, localidade pobre da Zona Oeste de Natal, e filha de diarista e pai de desempregado, ela foi aprovada no curso de medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o mais concorrido da instituição.

“Eu tive muita ajuda da família, das minhas primas, dos meus professores, muito apoio. Principalmente quando se trata de uma pessoa negra, pobre e da periferia, se você não tiver ajuda de terceiros, você não vai pra frente. Foi difícil, foi. Mas a gente vai tentando e no final consegue”, disse Raíssa, que sempre estudou em escola pública.

O Sisu é a plataforma do governo que seleciona estudantes para vagas em universidades públicas com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A mãe da jovem conta que a dificuldade aparecia também quando a filha precisava ir ao cursinho pré-vestibular.

“Às vezes, eu ficava aqui, contando nos dedos o dinheiro da passagem para o cursinho. Se era ela que ia ou o irmão”, lembra Rosângela do Nascimento.

Raíssa ficou os últimos dois anos apenas estudando para o vestibular. Mas nem mesmo ela acreditava que poderia ser aprovada em medicina na UFRN.

Com a casa em reforma – inclusive com cômodos ainda sem telhado -, ela tentava se concentrar apesar do barulho frequente. Assim, se instalou em uma espécie de beco da residência, local onde são estendidas as roupas no varal.

Raíssa adaptou o espaço para se sentir mais confortável. Fez uma cobertura improvisada em cima sobre a mesa de estudos e se cercou de plantas. Era uma forma de fugir da confusão da reforma. E lá ficava várias horas do dia.

Por G1 RN

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Um morre em confronto com a PM na Grande Natal

mortoUm homem foi morto após ser perseguido e trocar tiros com policiais no bairro Bela Vista em Parnamirim, na Grande Natal, na noite desta terça-feira (28). De acordo com a Polícia Militar, um comparsa da vítima conseguiu fugir.

Segundo informações da PM, o confronto aconteceu após uma perseguição a dois homens que estavam em uma moto e eram suspeitos de praticar vários assaltos em Parnamirim. Segundo um policial, que não quis se identificar, os militares deram ordem de parada e houve troca de tiros.

Um dos suspeitos foi ferido a tiros. Ele foi identificado pela polícia como Roberval Pessoa Régis Júnior, de 21 anos. O comparsa dele conseguiu fugir.

Roberval foi socorrido e levado ao Hospital Deoclécio Marques de Lucena, em Parnamirim, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. De acordo com a PM, o suspeito tinha mandado de prisão em aberto e era procurado pela justiça. Conforme informações da corporação, ele respondia pelos crimes de tráfico de drogas, assalto e homicídio.

A moto em que a dupla estava foi apreendida e, de acordo com os policiais, tinha queixa de roubo. Com os suspeitos, a polícia também encontrou uma pistola, munições, dois celulares e uma pochete com porções de crack.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Com apoio do Governo, projeto da Cascar Mineração avança no Seridó

governoO projeto Borborema, que vai explorar ouro na zona rural de Currais Novos, foi visitado na manhã desta quarta-feira (28) pela governadora Fátima Bezerra e a equipe do Governo do Estado. Acompanhados dos diretores da empresa Cascar Brasil Mineração, responsável pelo investimento, conheceram in loco o projeto de exploração mineral que planeja investir aproximadamente R$ 430 milhões (100 milhões de dólares) apenas na instalação da mina no Seridó, com a previsão de gerar no mínimo 400 empregos diretos.

“É um momento de imensa alegria ver a consolidação desse projeto e a retomada da mineração em Currais Novos, um sonho do povo da região. O projeto Borborema traz o que nosso povo mais precisa que é emprego e renda. Esse é o resultado de um governo comprometido com o desenvolvimento e a segurança jurídica”, disse a governadora Fátima Bezerra durante a solenidade realizada na sede do projeto, que contou com o hasteamento das bandeiras do RN, do Brasil, da Austrália e de Currais Novos, em homenagem aos 100 anos da cidade que serão comemorados esse ano.

As obras para implantação da planta de beneficiamento de ouro começam em julho, com uma expectativa de começar a operação entre 18 e 24 meses após o início do trabalho. A Cascar Mineração, que tem origem na Austrália e é propriedade da empresa Big River Gold, conta com apoio direto do Governo do Estado por meio de diversas ações firmadas através do protocolo de intenções assinado em outubro de 2019 pela governadora e o presidente da companhia australiana, Andrew Richards.

Dentre as ações previstas no protocolo de intenções estão a inserção da Cascar no Programa de Estímulo ao Desenvolvimento da Indústria do Rio Grande do Norte (Proedi), além da emissão das licenças ambientais e uma parceria com a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) para o reuso do esgoto coletado em Currais Novos no processo de beneficiamento do ouro. “Agradecemos o esforço do Governo e da Prefeitura de Currais Novos para o desenvolvimento do projeto e nós vamos trabalhar para retribuir o esforço, com o foco voltado a dar empregos para pessoas da região”, disse Richards.

Cumprindo o documento assinado, o Governo agiu para que as licenças ambientais necessárias para a instalação do projeto fossem emitidas o mais rápido possível, dentro dos limites do processo legal estipulado pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema). Para isso, a empresa se comprometeu a destinar R$ 1,2 milhão para unidades de conservação ambiental. “O Governo merece o reconhecimento pelo trabalho rápido na emissão das licenças, o que agilizou o investimento. Agradeço, em nome do município, o empenho para a geração de emprego e renda, tanto neste caso como na criação do Proedi, que já está trazendo resultados”, comentou o prefeito de Currais Novos, Odon Júnior.

O projeto Borborema é parte do processo de retomada do desenvolvimento do setor mineral no Rio Grande do Norte coordenado pela gestão estadual. Ele ocupa uma área de 490 hectares, somando os setores de extração e beneficiamento para obtenção de ouro. “O setor mineral estava abandonado no Rio Grande do Norte, mas não está mais. Nossos potenciais são imensos, como podemos ver aqui hoje, e o Governo tem tomado todas as medidas para incentivar o desenvolvimento”, completou Jaime Calado, secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec).

O empreendimento é modelado para processar anualmente até 4,2 milhões de toneladas de ouro. A empresa visa trabalhar com 75% dos equipamentos de origem brasileira e aplicar anualmente cerca de R$ 190 milhões na operação da mina de ouro, com uma folha de pagamento em torno de R$ 11 milhões.

Entre as décadas de 1940 e 1970 a área do projeto Borborema já passou por exploração mineral, mas o processo foi descontinuado ao longo dos anos.

DESENVOLVIMENTO

Além das ações junto à Cascar, ao longo de 2019, o Governo do Estado, por meio da Sedec, realizou uma série de reuniões com empresas do setor de mineração que contam com projetos no estado, o que culminou na criação da Câmara Setorial de Mineração. Instalada em agosto, assim como as outras câmaras setoriais, ela reúne entidades públicas e privadas para discutir políticas de desenvolvimento e formular ideias práticas, cooperando diretamente com a gestão estadual.

Ainda em outubro de 2019, o Governo promoveu o Fórum Estadual Mineral (FEM), com o objetivo de discutir as ações necessárias para o resgate do papel de destaque do RN na produção mineral nacional.

A visita ao projeto Borborema contou ainda com a participação da senadora Zenaide Maia; do deputado estadual Francisco Medeiros; do vice-governador Antenor Roberto; do presidente da Câmara Municipal de Currais Novos, João Neto; do vice-prefeito Anderson Alves; da diretora da Cascar Mineração Diana Uchôa; vereadores e secretários municipais.

Banner_970x150px_Seguranca_Delegacia

por Caboré Locações Publicado em Notícias

PF prende homem com quase R$ 1 mil em cédulas falsas em Natal

A Polícia Federal prendeu em flagrante nesta quarta-feira, 29/01, na Zona Norte da capital potiguar, um ajudante de serviços gerais, 20 anos e com ele apreendeu 75 cédulas falsas de real em valores fracionados que totalizaram R$ 995,00.

A prisão do homem ocorreu logo após o sistema de segurança dos Correios ter detectado uma encomenda avaliada como suspeita e que seria entregue no dia hoje. Acionada, a PF deslocou uma equipe para o endereço residencial do destinatário no bairro de Nossa Senhora da Apresentação e, no momento em que o pacote foi recebido, os policiais fizeram a abordagem.

Inicialmente, o acusado negou saber do que se tratava, mas logo admitiu que havia adquirido o dinheiro falso de um desconhecido, fora do RN, após visualizar a propaganda em um grupo de aplicativo de mensagens.

O homem recebeu voz de prisão e foi conduzido para autuação na PF, onde, durante o interrogatório, confessou haver pago R$ 150,00 pelas cédulas falsificadas que iria colocar em circulação.
Submetido a exame de corpo de delito no ITEP, o suspeito encontra-se custodiado na Superintendência Regional da PF, à disposição da Justiça.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Solenidade marca início das comemorações do centenário de Currais Novos

Uma cerimônia simbólica de hasteamento de bandeiras promovido pela empresa Cascar Brasil Mineração na manhã desta quarta-feira (29) na Fazenda São Francisco, marcou o início das comemorações alusivas ao centenário da cidade de Currais Novos.
A solenidade contou com a participação da Governadora Fátima Bezerra; do Vice Governador, Antenor Roberto; do Prefeito e Vice Prefeito de Currais Novos, Odon Júnior e Anderson Alves; do Diretor Presidente da Big River Gold, Andrew Lehane Richards; a representante da Cascar Brasil Mineração, Diana Uchôa; da senadora Zenaide Maia; do deputado estadual Francisco Medeiros; do Secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado; do presidente da Câmara Municipal de Currais Novos, João Neto; vereadores e secretários municipais, além de outras autoridade e empresários locais.
A Cascar Brasil Mineração, que é controlada pela empresa australiana Big River Gold Limited, especializada em exploração de minerais, é a responsável por tocar o projeto Borborema, que vai explorar ouro na zona rural de Currais Novos.
Na oportunidade, a governadora Fátima Bezerra e a equipe do Governo do Estado, acompanhados dos diretores das empresas e responsáveis pelo investimento, conheceram in loco o projeto de exploração mineral que planeja investir cerca de R$ 430 milhões (100 milhões de dólares) apenas na instalação da mina em Currais Novos, com a previsão de gerar no mínimo 400 empregos diretos.
“É um momento de imensa alegria ver a consolidação desse projeto e a retomada da mineração em Currais Novos, um sonho do povo da região. O projeto Borborema traz o que nosso povo mais precisa que é emprego e renda. Esse é o resultado de um governo comprometido com o desenvolvimento e a segurança jurídica”, disse a governadora Fátima Bezerra durante a solenidade realizada na sede do projeto, que contou com o hasteamento das bandeiras do RN, do Brasil, da Austrália e de Currais Novos.
A atual administração municipal tem se empenhado, buscando apoiar e articular os interesses da empresa, junto ao Governo do Estado, pois os investimentos da empresa irão estimular de forma significativa o desenvolvimento econômico do município. Graças a essa articulação, a empresa conseguiu, ainda no ano passado, firmar com o Governo do Estado uma série de compromissos, entre os quais o protocolo de intenções assinado em outubro de 2019 pela governadora e o presidente da companhia australiana, Andrew Richards.
Dentre as ações previstas no protocolo de intenções estão a inserção da Cascar no Programa de Estímulo ao Desenvolvimento da Indústria do Rio Grande do Norte (Proedi), além da emissão das licenças ambientais e uma parceria com a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) para o reuso do esgoto coletado em Currais Novos no processo de beneficiamento do ouro.
“Nós que fazemos a Big River Gold e a Cascar, agradecemos os esforços do Governo do Estado e da Prefeitura de Currais Novos para o desenvolvimento do projeto. Vamos trabalhar para retribuir esse esforço, com o foco voltado, principalmente, na geração de empregos para pessoas da região”, disse Richards.
O prefeito Odon Júnior renovou seu compromisso, enquanto gestor municipal, em apoiar todas as ações em prol do desenvolvimento econômico de Currais Novos. “O Governo do Estado merece o reconhecimento pelo trabalho rápido na emissão das licenças, o que agilizou o investimento. Agradeço, em nome do município, o empenho para a geração de emprego e renda, tanto neste caso como na criação do Proedi, que já está trazendo resultados significaticos”, comentou o prefeito Odon Júnior.
As obras para implantação da planta de beneficiamento de ouro começam em julho próximo, com uma expectativa de começar a operação entre 18 e 24 meses após o início do trabalho.
O projeto Borborema é parte do processo de retomada do desenvolvimento do setor mineral no Rio Grande do Norte. Ele ocupa uma área de 490 hectares, somando os setores de extração e beneficiamento para obtenção de ouro. “O setor mineral estava abandonado no Rio Grande do Norte, mas não está mais. Nossos potenciais são imensos, como podemos ver aqui hoje, e o Governo tem tomado todas as medidas para incentivar o desenvolvimento”, completou Jaime Calado, secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec).
O empreendimento é modelado para processar anualmente até 4,2 milhões de toneladas de ouro. A empresa visa trabalhar com 75% dos equipamentos de origem brasileira e aplicar anualmente cerca de R$ 190 milhões na operação da mina de ouro, com uma folha de pagamento que girará algo em torno de R$ 11 milhões.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Pássaros foram apreendidos em Lagoa Nova

passaros

A GU de serviço extra recebeu uma denúncia anônima via WhatsApp do 2°Pel/CIPAM de que no município de Lagoa Nova dois indivíduos capturavam e mantinham pássaros silvestres em cativeiro para comercializar de forma ilegal.

Ao chegar nos locais constatou-se a denuncia e os acusados relataram que comercializavam os animais. Como não apresentou autorização para tal, foi lavrado TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) por crime ambiental.

Foram apreendidos nos dois locais 103 pássaros de várias especies. Havia no local gaiolas pequenas com muita pássaros dentro, causando também a situação de maus tratos.

Por Jair Sampaio

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Homem foi assassinado em Caicó

´´´ppp-26-630x360

Um homem foi assassinado nas proximidades da fábrica de chuteiras Murielle no bairro Paulo VI, zona Oeste de Caicó.

Populares confirmam que o corpo é de um homem. Itep foi acionado.

O crime se deu no bar do Zé Neto. O local está cercado por curiosos e tem isolamento da Polícia Militar.

O rapaz assassinado na noite desta terça feira, 28, foi identificado como Rafael Victor. A motivação do crime ainda é desconhecida da polícia.

Por Jair Sampaio

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Saci Pererê atacou em Natal

Dois criminosos, um deles usando uma bota ortopédica imobilizadora, assaltaram uma farmácia no bairro Potengi, Zona Norte de Natal, na noite desta segunda-feira (27). Uma câmera de segurança registrou o criminoso entrando no local pulando em um pé só. Os suspeitos levaram o dinheiro do caixa, celulares de funcionários e chegaram a revistar um cliente antes de ir embora do local.

Os dois homens armados chegaram no local em uma moto preta. Primeiro, um deles entrou na farmácia com um capacete na cabeça. O outro criminoso entrou na farmácia depois pulando em um pé só e foi até um balcão. Ele saca uma arma e anuncia o assalto.

Durante a ação, o suspeito se encosta em uma coluna da loja para manter o equilíbrio. Em seguida, ele guarda a arma, recolhe os pertences dos funcionários e o dinheiro do caixa. O vídeo mostra que enquanto o bandido com o pé imobilizado age, o comparsa anda pela loja e monitora a rua.

Um cliente que entrou no local e não percebeu a ação dos criminosos foi revistado e também foi vítima dos criminosos que levaram pertences deles. Os criminosos fugiram em seguida. Ninguém foi preso.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Homem foi preso com arma roubada de policial civil, maconha e celulares

Policiais civis prenderam em flagrante nesta terça-feira (28) um suspeito de 25 anos que estava de posse de duas pistolas, uma quantidade de maconha, cerca de R$ 800 e celulares, além de outros aparelhos eletrônicos. A prisão foi efetuada por uma equipe da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) no Paço da Pátria, Zona Leste de Natal.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, uma das duas armas que estava de posse do suspeito havia sido roubada de uma policial civil no município de Pau dos Ferros, na região Alto Oeste potiguar. As pistolas encontradas eram calibres ponto 380 e ponto 40. Havia ainda três carregadores.

O homem é suspeito dos crimes de posse ilegal de arma de fogo e receptação. No local em que ele estava, foram encontrados também vários celulares, alguns tablets, um notebook e duas televisões.

O suspeito foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

G1 RN

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Casa foi arrombada na noite desta terça (28)

POR BLOG DO JOTA DANTAS – Uma residencia foi arrombada na cidade de Acari, por volta de 19h desta terça (28), onde se verificou o furto de 01 tablet, 01 roteador, 01 prancha e 01 secador. O arrombamento se deu na rua António Basílio 49 – Centro. A PM foi acionada, fez rondas no intuito de localizar, mas até o fechar da matéria, não havia sido localizado o material nem identificado que arrombou a casa.

 

por Caboré Locações Publicado em Notícias