Prefeitos do Seridó, MP e órgãos do Estado, se reuniram para discutir “Plano Emergencial de Segurança Hídrica” para a região

AMSO reuniao água 01.jpgPrefeitos da região Seridó Potiguar se reuniram na manhã desta quarta-feira (21) na sede da Associação dos Municípios do Seridó Oriental (AMSO) em Currais Novos, para discutirem junto ao Ministério Público Estadual e órgãos do Governo do Estado como a CAERN, IGARN e Defesa Civil, um “Planejamento Emergencial de Segurança Hídrica” para os municípios. Participaram do encontro a presidente da AMSO, Prefeita Noeide Cleméns (Equador); o Prefeito Odon Jr (Currais Novos); Ranielle Linhares (representante da Secretaria Estadual de Recursos Hídricos); Mariana Barbalho (Promotora de Justiça e Coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Promotoria de Meio Ambiente – CAOP); Marcos Maia (Defesa Civil Estadual); Antonio Rigueto (IGARN); o Diretor-Presidente da CAERN, Marcelo Toscano, além de prefeitos seridoenses.

A Promotora Mariana Barbalho afirmou que o problema é “de todos”, e que o momento exige a união para a busca de soluções. Sobre a adutora de Currais Novos e Acari, a promotora afirmou que o Ministério Público Federal judicializou a obra, exigindo a conclusão em breve tempo. O Prefeito Odon Jr, que nesta terça-feira (20) participou da “Caravana das Águas” em Caicó, lembrou que a Prefeitura de Currais Novos vem realizando algumas ações importantes no abastecimento, e que já reivindicou diversas ações ao Governo do Estado e Federal, como a conclusão da adutora de engate rápido, e que é preciso soluções efetivas.

Os representantes dos órgãos estaduais apresentaram o planejamento emergencial de ação de mitigação dos efeitos da seca elaborado pelo Governo do Estado, que engloba perfuração de poços profundos, construção de adutoras, perfuração de poços com dessalinizadores, abastecimento alternativo de água (Operação vertente), e Operação Carro Pipa.

Um comentário a “Prefeitos do Seridó, MP e órgãos do Estado, se reuniram para discutir “Plano Emergencial de Segurança Hídrica” para a região

  1. Bom dia…
    São os mesmos prefeitos que gerenciam o CONISA. Que gerou uma dívida de mais de R$ 2.200.000,00 com a CAERN. Deixando aproximadamente 95 comunidades rurais de 07 municípios sem água a mais de 60 dias e com contas que chegam normalmente?

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s