Policia Militar de Currais Novos prendeu dois e apreendeu 07 kg de maconha


POR BLOG DO JOTA DANTAS – A Polícia Militar de Currais Novos prendeu na noite deste sábado (12), Felipe Dantas de Araújo, de 20 anos, residente na Avenida Brasil, quando o mesmo estava no terminal rodoviário, por volta de 22h30, na companhia de uma adolescente de 17 anos, e com eles foi encontrado cerca de 07 kg de maconha. Felipe já responde por tráfico de drogas e nega que a droga pertença ao mesmo. A PM desconfiou da atitude suspeita dos dois e não hora da abordagem, o acusado disse logo que aquela bolsa não o pertencia. 

Sargento da PM baleado usava colete vencido

coleteO colete à prova de balas usado pelo sargento da Polícia Militar baleado nesta sexta-feira (11) durante uma troca de tiros na Zona Norte de Natal estava vencido há aproximadamente dois anos. O sargento Claudemir de Souza Bezerra, de 36 anos, está internado com uma bala alojada no peito, entretanto não corre risco de morte.

O tenente-coronel Zacarias Mendonça, comandante do Policiamento Metropolitano, diz não ter conhecimento de que o material estava vencido. Ele declarou que, mesmo que não esteja no prazo correto de validade para uso, o colete à prova de balas pode ter colaborado para minimizar os efeitos do disparo. De acordo com o oficial, o equipamento não perde totalmente a funcionalidade depois de vencido.

Segundo a PM, o policial foi atingido depois que a viatura em que ele estava foi alvejada por um homem suspeito de comandar o tráfico de drogas no loteamento José Sarney. O suspeito também foi baleado no tiroteio e levado ao hospital, contudo não resistiu aos ferimentos e morreu.

O projétil que acertou Claudemir de Souza Bezerra transfixou o colete balístico que ele usava e atingiu seu peito. O colete, de acordo com a indicação no próprio equipamento, está vencido há dois anos. Familiares de Claudemir também confirmaram à reportagem que o material não estava dentro do prazo de validade.

O policial está internado e passa por uma drenagem. Agora ele aguarda a autorização para sua transferência de unidade hospitalar.

RN atinge marca de 1.500 homicídios em 2017

obvioO Rio Grande do Norte segue apresentando altos índices de crimes contra a vida. Segundo levantamento feito pelo Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO) – instituto que contabiliza e analisa delitos dessa natureza – o estado chegou a 1.500 assassinatos registrados somente este ano. O número foi atingido nesta sexta-feira (11) e a média de vítimas por 100 mil habitantes é de 42,77.

“A violência e a insegurança são promovidas pelo próprio governo do Rio Grande do Norte, quando, para se esquivar de sua responsabilidade, insiste em criar bodes expiatórios para seus próprios erros. A prova disso é que chegamos a 1500 CVLIs (Condutas Violentas Letais Intencionais) nesses 222 dias de 2017”, critica o especialista em gestão e políticas de segurança pública Ivenio Hermes, que também é coordenador do Observatório.

G1 (RN) procurou a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) para comentar os dados e a ainda aguarda o retorno da pasta.

Morre ex marido de Dilma Rouself

ex de dilma.pngO ex-deputado estadual do Rio Grande do Sul, Carlos Araújo, ex-marido de Dilma Rousseff faleceu na madrugada deste sábado em Porto Alegre.

O advogado trabalhista de 79 anos estava internado na UTI (Unidade Intensiva de Tratamento) desde o dia 25 de julho, após ser diagnosticado com um quadro de cirrose medicamentosa. A causa da morte ainda não foi divulgada pelos médicos da Santa Casa de Porto Alegre.

Araújo era um grande ativista político. Nos anos 50 se juntou a Juventude Comunista e durante a ditadura ajudou a formar uma organização contra os militares. Conheceu Dilma Rousseff na militância em 1969.

homem foi morto em Acari

POR BLOG DA PM DE CURRAIS NOVOS 
POR VOLTA DAS 07 HORAS DA MANHÃ DESSE SÁBADO, 12/08, RECEBEMOS A INFORMAÇÃO DE UM HOMICÍDIO NO MUNICÍPIO DE ACARÍ. A POLÍCIA MILITAR FOI ACIONADA SE DESLOCOU AO LOCAL INDICADO PELA DENÚNCIA E FAZ O ISOLAMENTO DO CORPO ENQUANTO AGUARDA A CHEGADA DA POLÍCIA CIVIL E DO ITEP.
O HOMICÍDIO FOI NO CAMINHO ENTRE GARGALHEIRAS E A COMUNIDADE BULHÕES.
A VÍTIMA, QUE NÃO PORTAVA DOCUMENTOS, FOI IDENTIFICADA COMO JOSÉ MARCOS DA SILVA VULGO “DEDÉ DE EDMUNDO”QUE RESIDIA NA COMUNIDADE TIMBAÚBA, MUNICÍPIO DE FREI MARTINHO/PB, PORÉM APARECIA COM FREQUÊNCIA EM ACARÍ.
SEGUNDO UM AGENTE DA POLÍCIA CIVIL FOI VISTO PELO MENOS DUAS PERFURAÇÕES NO CORPO PROVOCADAS POR DISPAROS DE ARMA DE FOGO.
INFORMAÇÕES EXTRA OFICIAIS DÃO CONTA QUE O JOVEM ERA SUSPEITO DE ENVOLVIMENTO COM O MUNDO DAS DROGAS, INFORMAÇÃO A SER CONFIRMADA.
ESTAMOS NO AGUARDO DE MAIS NOTICIAS.

Armas apreendidas podem ser doadas a órgãos de segurança

O Ministério da Defesa regulamentou a doação de armas apreendidas para órgãos de segurança pública, conforme previsão do Decreto 8.938, editado no fim do ano passado. A instrução do Comando do Exército com os procedimentos para a doação foi publicada hoje (11) no Diário Oficial da União. 

De acordo com as regras estabelecidas pela Direção de Fiscalização de Produtos Controlados (DFPC), e que já valem a partir de hoje, as armas e munições apreendidas entregues ao Exército devem ser identificadas em um guia, a ser preenchido pela autoridade que entrega o armamento. 
A prioridade de doação e os órgãos que serão contemplados serão relacionados em outro documento preenchido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e remetido ao DFPC. 
Tanto o órgão policial responsável pela apreensão das armas quanto o que não tem nenhum armamento apreendido podem se manifestar à Senasp indicando o interesse pela doação do material. 
Se a instituição tiver feito a apreensão, o prazo para a manifestação que indique o interesse ou a necessidade pelo armamento é de dez dias após o envio do material ao Exército pelo juiz competente. Outros órgãos interessados podem se manifestar a qualquer momento. 
As armas passíveis de doação são: carabina, espingarda, fuzil e metralhadora. Segundo a instrução, estas armas não poderão ser pré-destruídas até decisão da DFPC. Armamentos com brasão oficial também não podem ser destruídos. 
As armas só serão destruídas se não atenderem aos requisitos estabelecidos pelo decreto que estabelece a doação e se forem oriundas da Campanha do Desarmamento. 
O Exército receberá as armas e munições apreendidas em local isolado das demais instalações, a partir de agendamento de entrega, conferência dos documentos, do equipamento e procederá para registrar, lotear e guardar o material. No ato da conferência física, será realizada rigorosa inspeção para checar se as armas estão descarregadas. 
O total de armas apreendidas e doadas será apresentado em relatório semestral. O controle de armas passíveis de doação também será feito por meio de relatório. A instrução também estabelece regras para o transporte, o acondicionamento e a destruição das armas de fogo que não puderem ser doadas.

Copa Isaac Cavalcante teve prosseguimento em Currais Novos

Com uma rodada bastante disputada dentro de Campo e um público geral de mais de 200 pessoas, prosseguiu  na noite desta sexta(11),  no CJB,  mais dois jogos da I Copa Isac Cavalcante de Futebol.

 Na Preliminar com gols de Pelezinho e Jovane, o Londrina venceu o CNEC por 2 X 0, e Nna principal,  O Vila Nova com sua grande torcida do Paizinho Maria que se fez presente em bom número, venceu por 3 X 0 o Beira Rio com gols de Thiago Potiguar, Leo e Lucao. O público pagante foi de 195 pessoas com uma renda de 584,00.