MPRN acusa associação de PMs de agir com ‘má fé’

O Ministério Público do RN pede a condenação da Associação dos Soldados e Praças do Rio Grande do Norte (ASPRA-RN) por ‘litigância de má fé’ em relação ao processo acerca da convocação de 824 candidatos aprovados no último concurso da Polícia Militar, em 2005.

O pedido foi enviado ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte nesta sexta, 29, por meio de uma petição. O argumento utilizado é que a ASPRA-RN insiste em um processo que já acabou, “o que acaba iludindo as pessoas”.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s