Taxa de homicídios no RN cresce 257% em 10 anos

Em 2006, o Rio Grande do Norte tinha a terceira menor taxa de homicídios do Brasil. Mas a realidade mudou bastante. Uma década depois, o estado se tornou o terceiro mais violento na federação. O crescimento de 256,9%, na taxa de homicídio para cada 100 mil habitantes foi o maior do país, segundo os dados do Atlas da Violência, divulgado nesta terça-feira (5) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Os potiguares conviviam com uma taxa de 14,9 homicídios para cada 100 mil habitantes no início do período estudado. Isso era pouco mais da metade da média nacional, que foi de 26,6 em 2006. Em 2016, porém, a taxa do estado já era de 53,4 contra 30,3 no Brasil.

O estudo é feito com base em dados do Ministério da Saúde. Com 30 assassinatos por 100 mil habitantes, o Brasil tem taxa de homicídios 30 vezes maior que a da Europa.

Antes, o estado só era mais violento que Santa Catarina (11,2) e Piauí (13,8). Apesar de também terem crescimento na taxa, esses estados se mantiveram entre os mais seguros do país. Já o RN encerrou o período figurando entre os mais violentos, atrás apenas de Sergipe (64,7) e Alagoas (54,2).

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s