Traficantes de vários estados brasileiros eram os donos de grande arsenal apreendido na Argentina

Armas apreendidas por autoridades argentinas e americanas iam para o Rio de Janeiro — Foto: Divulgação/Gendarmeria Nacional (Argentina)Uma espécie de ‘pool de traficantes’ de diferentes estados do Brasil, incluindo o Rio de Janeiro, se juntou para trazer ao país o arsenal apreendido, no sábado (3), em Buenos Aires e em mais três cidades argentinas.

A suspeita é de agentes argentinos e americanos que investigam o caso e já iniciaram a troca de informações com policiais federais brasileiros.

Dentre as 620 armas apreendidas, há um armamento sofisticado, comum nas mãos dos traficantes cariocas, como fuzis de calibre AR-15 e AK-47 ou pistolas, de calibre nove milímetros. Mas há também escopetas que não fazem parte do dia-a-dia das facções no RJ. Foram encontrados também revólveres.

Ao todo, 620 armas foram apreendidas. Dentre elas:

  • 344 armas longas (fuzis, escopetas e metralhadoras).
  • 276 curtas (pistolas e revólveres).
  • 32.940 munições de diversos calibres.

Os agentes da Gendarmería Nacional, da Argentina, e do Departamento de Segurança Interna, dos Estados Unidos, ainda apreenderam US$ 103,9 mil e 127 mil pesos argentinos.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s