Com R$ 82 milhões em doações eleitorais, Vale espalhou influência em 25 Estados e no Congresso

Vale e suas mineradoras e empresas subsidiárias espalharam influência em 25 Estados e no Congresso Nacional ao distribuir, por meio de doações oficiais e legalizadas, recursos que somaram R$ 82,2 milhões a deputados, senadores, governadores e aos três candidatos mais votados à presidência, segundo levantamento do Estadão Dados. No total, 139 parlamentares estaduais e 101 federais, além de sete governadores e dez senadores, foram eleitos em 2014 – para a legislatura que se encerra agora – com alguma participação dessas mineradoras em suas campanhas.

Mais de 100 mil e drogas foram apreendidos em grande operação

Polícia Civil detalhou investigação da Operação Sal da Terra — Foto: Acson Freitas/Inter TV Cabugi

Um homicídio no final de 2017 na cidade de Pendências, na região Oeste do Rio Grande do Norte, levou a Polícia Civil a dar início à investigação que culminou com a apreensão de mais de R$ 100 mil e a prisão de 19 pessoas envolvidas com tráfico de drogas na manhã desta quinta-feira (31), na operação denominada “Sal da Terra”. A investigação foi detalhada nesta tarde em uma coletiva.

A Polícia Civil começou a investigação após a prisão de um traficante envolvido nesse assassinato acontecido no final de 2017. A apuração do caso durou cerca de um ano e apontou que ele estava ligado a uma facção criminosa envolvida no tráfico de drogas no Rio Grande do Norte e, que, segundo a polícia, se mostrou bem articulada.

A operação da Polícia Civil aconteceu nesta manhã e cumpriu mandados de prisão nas cidades de Pendências, Alto do Rodrigues, Macau, Guamaré e na Grande Natal. “Ainda há algumas pessoas que não conseguimos prender, mas vamos continuar em diligências para prendê-los”, disse o delegado regional de Macau, Thyago Batista.

Operação ‘Sal da Terra’

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte deflagrou nesta quinta-feira (31) uma operação denominada ‘Sal da Terra’, cujo objetivo foi o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão contra integrantes de uma facção criminosa que atuam no tráfico de drogas no estado. Mais de R$ 100 mil foram apreendidos e 19 pessoas foram presas.

Cerca de 200 policiais civis e militares participaram da ação, que também contou com o apoio de agentes penitenciários. Além do dinheiro, armas e drogas também foram apreendidas.

Sargento foi baleado durante tentativa de assalto

Um sargento da Polícia Militar, lotado no Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), levou vários tiros dentro de casa durante uma tentativa de assalto no final da madrugada desta sexta-feira (1º) em São José de Mipibu, cidade da Grande Natal. Dois criminosos também foram feridos e estão presos. Um terceiro bandido conseguiu fugir.

Segundo a assessoria de comunicação da PM, o sargento foi socorrido ao Hospital Regional Deoclécio Marques, em Parnamirim, também na região metropolitana da capital potiguar. O estado de saúde dele é considerado gravíssimo. Um dos disparos acertou a cabeça do policial.

Já os assaltantes, um foi levado para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, e o outro foi encontrado ao dar entrada na UPA da Cidade da Esperança, em Natal. Ambos receberam voz de prisão.

Os três bandidos invadiram a casa do sargento por volta das 5h. O objetivo era fazer um arrastão na residência. Porém, o PM acordou, percebeu a tentativa de assalto e reagiu. Foi quando houve a troca de tiros. A mulher e os filhos do policial não foram feridos.

O carro do PM, que foi levado durante a fuga, foi encontrado abandonado na BR-226, em Macaíba.

Guarnições que foram acionadas para dar apoio ao sargento ainda fizeram buscas para tentar encontrar o terceiro assaltante, mas nenhum suspeito foi encontrado.

G1/RN