Irmã pode ter matado homem que foi deixado em hospital de Caicó

A polícia já conseguiu identificar o corpo que foi deixado na porta do Hospital Regional do Seridó na noite desta quarta feira, 17 de junho, trata-se do popular Luiz Raimundo Diniz Filho, ou Luizinho, residente no bairro João XXIII.

Testemunhas apontam o nome de uma possível acusada para o crime de hoje, seria a mesma pessoa que em 11 de novembro de 2016 matou o próprio esposo, pai dos seus 11 filhos. Ela teria golpeado o marido em meio a uma discussão.

Sobre o crime ocorrido nesta quarta feira, a polícia ainda busca supressão da lei do silêncio, que por acaso possa está existindo, contudo, informações de populares já apontam como certa a autoria do crime como sendo da irmã da vítima.

Hoje com 45 anos, a acusada continua vivendo no mesmo lugar que morava quando matou o marido, em 2016, no bairro João Paulo II, Zona Oeste da cidade. O local pode ter sido palco do segundo crime de Josélia da Costa Diniz.

JAIR SAMPAIO

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s