Ezequiel se reúne com prefeito, vice-prefeito e vereadores e presta contas de ações em Parelhas

Cumprindo agenda em Parelhas, na região Seridó, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), se reuniu nesta quinta-feira (02), com o prefeito Tiago Almeida (PSDB), o vice-prefeito, Humberto Alves Gondim (PSDB) e os vereadores do município. Também participou da reunião, realizada no gabinete do prefeito, o vereador de Santana do Seridó, Ricardo José de Medeiros (Ricardo de Zeca). O objetivo do encontro foi prestar contas de suas ações no município e ouvir as demandas para os próximos meses.

“Esse é um momento de prestar contas, de ouvir os vereadores e conversar sobre as demandas de Parelhas. Um encontro muito produtivo, onde conhecemos a necessidade da população, assim poderemos buscar soluções para estes através de emendas e requerimentos”, disse Ezequiel.

Participaram do encontro os vereadores Zenilda Salustino da Costa (Galega), Ildécio de Oliveira, Romiselia Santos Silva (Romiselia de Formiga Preta), João Dantas Filho (João Grandão) e o presidente da Câmara Municipal, Alyson Oliveira. “Uma visita que muito nos honra, principalmente, pela parceria que Ezequiel sempre teve com a nossa cidade. Não tem uma vez que ele venha aqui e não anuncie benefícios”, disse Alyson Oliveira, presidente da Câmara de Parelhas.

Ezequiel destinou para o município de Parelhas R$ 400 mil de emendas para a Secretaria Municipal de Saúde, sendo R$ 100 mil, para aquisição de Equipamentos que atendeu as necessidades da Secretaria Municipal de Saúde, 01 carro com 05 lugares para o CAPS, 01 Moto motor 125 l (Broz) para Vigilância Sanitária atender na Zona Rural entre outros equipamentos. Ainda R$ 100 mil para material de Consumo Ambulatorial e medicamentos da rede Hospitalar e Básica. O restante, R$ 200 mil, foram destinados para a oferta de consultas e exames especializados.

“Os veículos já estão para ser licitados ainda esse mês. Boa parte dos medicamentos já foram licitados e solicitados. Foi um reforço muito significativo para a saúde de Parelhas”, disse o prefeito Tiago Almeida.

Através do mandato de Ezequiel Ferreira, Parelhas foi contemplada a instalação de cinco poços (em andamento) via Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Pesca (SAPE), três quilômetros de asfalto para pavimentação via Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e o Programa Assembleia e Você. “Visitamos a instalação dos poços e vimos o quanto essa ação é aguardada pela população que sofre sem água”, ressaltou Ezequiel.

Ainda para Parelhas, Ezequiel Ferreira requereu o aumento do efetivo da Polícia Militar, lutou pela chegada do convênio de pavimentação e instalação do Projeto PROERD. Destinou emendas para o recapeamento asfáltico da BR-427, destinou recursos para aquisição de ambulância e cobertura da quadra do Sítio Currais Novos. Requereu a chegada de duas viaturas policiais (sendo uma para a Polícia Civil e uma para a Polícia Militar), destinou recursos para a reforma de Escolas Estaduais, levou o programa Microcrédito para o município e o edital de subprojetos de apoio à cadeira produtiva do leite e derivados e os recursos para implementação do Sistema de videomonitoramento.

Proporcionou a vistoria e recuperação das pontes e da estrada no trecho rodoviário da RN-086, entre os municípios de Parelhas e Equador, até a divisa com o estado da Paraíba. Fortaleceu os programas Moradia Cidadã e Moradia Cidadã Servidor, Pró-Moradia e Cartão, o programa de Saneamento básico e o projeto Vila Cidadã. E a pedido de Ezequiel a cidade recebeu o Programa Café Cidadão. A cidade foi beneficiada com a pavimentação e drenagem de alguns bairros e a construção de casas populares. Beneficiando os agricultores, Ezequiel fortaleceu o projeto de raquete de Palma Forrageira.

Outra grande obra destinada por Ezequiel ao município de Parelhas foi a destinação de recursos para recuperação do trecho rodoviário da RN-088, que liga os municípios de Parelhas à Jardim do Seridó.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

CPI da Covid ouve secretário de Saúde e prorroga atividades por 15 dias

A CPI da Covid da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte terá um prazo mais amplo para finalizar seus trabalhos. Na reunião desta quarta-feira (1º), os deputados aprovaram a prorrogação dos trabalhos por 15 dias, dando prazo de finalização até o dia 17 de dezembro. A data é considerada suficiente pelos parlamentares para a conclusão dos trabalhos, incluindo as informações dos demais depoentes. O secretário de Saúde do Rio Grande do Norte, Cipriano Maia, foi ouvido e tratou sobre os contratos em apuração.

Investigado em 11 dos 12 contratos, Cipriano Maia teve a oitiva mais longa da CPI da Covid. O parlamentar respondeu aos questionamentos dos parlamentares, principalmente com relação às tratativas com fornecedores e à adesão a uma compra coletiva de respiradores através do Consórcio Nordeste. Segundo Cipriano, ele não teve qualquer negociação com empresas para firmar contratos durante a pandemia.

“Nunca discuti ou recebi qualquer prestador de serviço para discutir contratação ou os termos de contratos. Não é uma prática minha e, quando sou contatado, encaminho para os setores responsáveis pelas contratações. As relações que tenho com fornecedores são mais no sentido de pagamentos atrasados, de tentar intermediar os pagamentos, mas não fechei contratos ou recebi ninguém para discutir contratos”, explicou Cipriano Maia.

Na oitiva, o secretário também informou que soube da possibilidade de fazer a aquisição de respiradores através do então secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, em um grupo de WhatsApp com os demais secretários de Saúde do Nordeste. Segundo Cipriano Maia, ele informou que o Estado teria interesse e, então, um ofício foi encaminhado posteriormente ao Governo do Estado para que fosse realizado o repasse dos quase R$ 5 milhões, referentes à cota do Rio Grande do Norte. O secretário informou que não chegou a ler os termos do contrato porque a compra foi realizada diretamente do Consórcio Nordeste.

“O secretário confirmou o pagamento antecipado de R$ 5 milhões sem leitura ou assinatura de contrato. Não foi conferida qual a empresa que iria fornecer os produtos, se havia cláusula de seguro, se sequer ela produzia respiradores”, criticou o presidente da CPI, deputado Kelps Lima (Solidariedade). “O resultado dessa operação desastrada, feita pelos governadores do Nordeste, foi a perda de quase R$ 50 milhões do povo nordestino no escândalo dos respiradores”, reforçou o presidente da CPI.

Além das questões referentes à CPI, o secretário respondeu questionamentos sobre os outros contratos, tanto do relator, deputado Francisco do PT, que participou de maneira remota, quanto dos deputados Gustavo Carvalho (PSDB), Subtenente Eliabe (Solidariedade), George Soares (PL) e Isolda Dantas (PT). O deputado Getulio Rêgo (DEM) acompanhou a sessão remotamente.

Ainda na sessão, os deputados votaram e rejeitaram, por 3 votos a 2, requerimento da defesa pedindo que secretário Cipriano Maia fosse convertido à condição de testemunha ou convidado. Assim, o parlamentar segue na condição de investigado.

Cronograma

Na reunião, ficou definido que a CPI vai ter seu desfecho no dia 16 de dezembro, um dia antes do prazo final. Até lá, os deputados ainda vão ouvir, na quinta-feira (2), serão ouvidos Carlos José Cerveira de Andrade e Silva, auditor-geral da Control, na condição de convidado, Luciana Daltro de Castro Pádua Bezerra, assessora Especial do Governo do RN, também na condição de convidada, além dos investigados Fernando Galante Leite e Cleber Isaac Souza Soares, para falar sobre a compra de respiradores pelo Consórcio Nordeste. Ambos serão ouvidos através de videoconferência.

Para a próxima semana, está prevista para o dia 9 a leitura do relatório do deputado Francisco do PT. Para o dia 15, haverá a apresentação de sugestões, enquanto no dia 16 será votado o relatório com as modificações que forem aprovadas.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

SUSPEITO DE ASSALTOS MORRE EM CONFRONTO COM A PM NA COMUNIDADE DE JUCURI ZONA RURAL DE MOSSORÓ

A ocorrência foi registrada na noite desta quarta feira 01 de dezembro de 2021, na Comunidade de Jucuri, zona rural de Mossoró na região Oeste Potiguar. 

De acordo com a PM dois indivíduos, chegaram naquela comunidade em uma roubada, realizaram vários assaltos abandonaram a motocicleta roubada e tomaram outra e na fuga se depararam com viaturas da PM que já  estavam no encalce dos suspeito. 

Ao perceberem a aproximação das guarnição os suspeitos atiraram contra os policiais que revidaram e nutrição de tiros um dos suspeitos ainda sem identificação, foi alvejado e socorrido para o Hospital Tarcísio Maia, porém não resistiu. 

O outro elemento conseguiu fugir pelo matagal, a PM apreendeu um revólver,  a moto que havia sido roubada, além de objetos subtraídos de vítimas. O material foi apresentado na Delegacia de Plantão 

FIM DA LINHA

por Caboré Locações Publicado em Notícias