Vereador delator de Caicó pede proteção policial

Três vereadores do município de Caicó, no Seridó potiguar, pediram nesta quarta-feira (15) proteção policial à Procuradoria-Geral de Justiça. A solicitação aconteceu depois da Operação Tubérculo, deflagrada pelo Ministério Público nesta terça (14) na cidade. Um deles gravou uma conversa que serviu para a investigação do MP. Sobre os pedidos dos outros dois, não foi detalhado o motivo.

Segundo o MP, os vereadores Zaqueu Fernandes Gomes, Rosângela Maria da Silva e Frankslâneo Diogo da Silva terão escolta armada para garantir sua segurança. Eles procuraram diretamente o procurador-geral, Eudo Leite, para pedir proteção.

Ainda de acordo com o Ministério Público, o áudio enviado aos promotores foi gravado por Zaqueu Fernandes, e mostra uma conversa entre ele e o vereador Raimundo Inácio Filho, o “Lobão”. Na gravação, Lobão pede a Zaquei que vote a favor do prefeito Robson Araújo, o Batata, na Comissão Especial de Inquérito (CEI) que foi instalada para apurar a responsabilidade de todas as gestões públicas municipais, desde a criação da Contribuição para Custeio dos Serviços de Iluminação Pública (Cosip).

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s