Justiça recebe denúncia contra 19 acusados de superfaturar contratações de bandas em Guamaré, RN

Operação Máscara Negra também cumpriu mandados de busca e apreensão em Macau e Guamaré — Foto: Carlos Adams/G1A Justiça potiguar recebeu a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte contra 19 pessoas pelos crimes de peculato, fraude a licitação e associação criminosa. Todos são investigados na operação Máscara Negra, deflagrada em 2013. O dinheiro público foi desviado da Prefeitura de Guamaré, segundo o MP, através da contratação de bandas para o carnaval do ano de 2012. A fraude chega a R$ 414 mil – valor não atualizado.

Em 2013, quando a operação foi deflagrada, alguns desses réus chegaram a ser presos temporariamente e, desde então, estão proibidos de ocuparem cargos na Prefeitura de Guamaré.

De acordo com a acusação do MP, o grupo contratou, sem licitação, 22 bandas para o Carnaval de 2012 promovido pela Prefeitura de Guamaré. O valor gasto somente com essas contratações totalizou R$ 2,7 milhões. Além das provas obtidas através da apreensão de documentos no dia em que a operação foi deflagrada, o Ministério Público se baseou na colaboração premiada de um empresário enunciado para denunciar as pessoas envolvidas no esquema fraudulento.

Após apuração, o MP diz que ficou comprovado o superfaturamento e consequente desvio dos cofres públicos, realizado através de prévios acertos entre servidores públicos chefiados pelo ex-prefeito da cidade e os empresários que intermediavam as contratações. O MPRN afirma que provou que o contrato com a prefeitura foi celebrado em valores muito superiores aos que as bandas efetivamente receberam, sendo a diferença desviada em benefício dos associados do crime.

A operação Máscara Negra cumpriu 53 mandados de busca e apreensões e 14 mandados de prisões temporárias em 2013, todos expedidos pela comarca de Macau.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Acusado de tráfico foi preso em Parelhas

Nesta segunda (01/10/18) a Polícia Civil de Parelhas tendo à frente o Delegado Dr. Alex Freire conseguiu prender, em cumprimento à mandado de prisão preventiva, Josean Araújo dos Santos, de 41 anos.
Josean foi preso pelo crime de tráfico de drogas, sendo ele a pessoa que vendia drogas para o adolescente Claudimar Jefferson de Melo, de 17 anos, cujo corpo foi encontrado carbonizado na última terça, alguns dias após ser noticiado o seu desaparecimento.
O preso será encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da justiça.
JAIR SAMPAIO
por Caboré Locações Publicado em Notícias

Assalto foi registrado em clínica de Currais Novos

POR BLOG DA PM DE CURRAIS NOVOS – Por volta das 07h30min da manhã dessa segunda-feira (01/10/18) a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de roubo em uma clínica localizada na rua José Carlos Ferreira, bairro JK, próximo a Rede Mais em Currais Novos.
Segundo a Polícia, uma mulher que faz a limpeza do local chegou para trabalhar e se deparou com dois ladrões que já estavam dentro da clínica. Ela foi rendida e obrigada a levá-los até o local onde funciona o caixa de onde roubaram cerca de R$-700,00.
A vítima informou que os acusados usavam capuz e entraram por uma janela. Eles deveriam conhecer o local, tendo em vista, não apareceram nas câmeras de segurança instaladas no interior do estabelecimento.
A Polícia Civil já começou a investigar o caso.
Os bandidos fugiram pela mesma janela e ainda não foram identificados.
por Caboré Locações Publicado em Notícias