Renan Calheiros acusa jornalista de Veja de assédio

O senador Renan Calheiros (MDB-AL) provocou um “barraco” nas redes sociais, neste domingo (3), um dia após sair derrotado da eleição para a presidência do Senado, que ficou nas mãos de Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Em sua conta no Twitter, o emedebista publicou uma mensagem curiosa, na qual expõe supostos detalhes da intimidade da jornalista Dora Kramer, além de citar o ex-ministro Geddel Vieira de Lima, que está preso, e o ex-senador Ramez Tebet, que faleceu em 2006.

“A @DoraKramer (Veja) acha que sou arrogante. Não sou. Sou casado e por isso sempre fugi do seu assédio. Ora, seu marido era meu assessor, e preferi encorajar Geddel e Ramez, que chegou a colocar um membro mecânico para namorá-la. Não foi presunção. Foi fidelidade”, escreveu Renan Calheiros. A mensagem foi apagada da rede social após uma série de críticas.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s