João de Deus é condenado a 44 anos de prisão por estupro contra quatro mulheres

João de Deus foi condenado a 44 anos de prisão por estupro contra duas mulheres e estupro de vulnerável contra outras duas vítimas. Esta é a quarta condenação dele por crimes sexuais durante atendimentos espirituais em Abadiânia. Ele segue em prisão domiciliar. 

A denúncia pedia a condenação de João de Deus pelos crimes contra cinco mulheres. Porém, em um dos casos, o réu não foi considerado culpado por falta de provas. De acordo com a sentença, assinada pelo juiz Marcos Boechat, os crimes aconteceram entre 2009 e 2018. Além da prisão, a Justiça determinou o pagamento de indenizações às vítimas que variam de R$ 20 mil a R$ 75 mil. 

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Caicoense é presa pela Polícia da PB

Na data de ontem, 24, Polícias Civis da 23ª SRPC – Juazeirinho, juntamente com colegas da Delegacia de São Joao do Cariri (14ª DSPC) deram cumprimento a Mandado de Prisão expedido pela 3ª Vara da Comarca de Caicó, no estado vizinho do Rio Grande do Norte, em desfavor de Márcia Fernanda Santos da Silva pela pratica de Tráfico de Drogas, artigo 33 da lei 11.343, com aproximadamente 7 anos de pena por cumprir.

A prisão foi efetuada devido a integração das Polícias Civis da Paraíba e do Rio Grande do Norte, através da constante troca de informações e monitoramento.

O alvo estava residindo há certo tempo na cidade paraibana de Juazeirinho, onde fazia programas em estabelecimentos meretricios, e através desta atividade continuava a comercializar drogas na região.

Também possuía ela parentes envolvidos no crime de tráfico nas cidades de Campina Grande e João Pessoa, inclusive alguns com passagens pela polícia paraibana e norte rio grandense.

Após a realização de Exames de Ofensa Física, será encaminhada a unidade prisional onde ficará a disposição da justiça, aguardando ser recambiada ao estado do Rio Grande do Norte, onde deve cumprir a pena. Essa é mais uma ação exitososa no combate ao crime organizado.

Disponibilizamos Telefone da Delegacia de Juazeirinho (83) 3382-1242, e também do serviço Denúncia (197) da Polícia Civil da Paraiba, para que a população possa colaborar na apuração, elucidação e responsabilização de autores de delitos na região, sendo assegurado o sigilo da fonte e anonimato.
Fonte 23a SRPC – Juazeirinho.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Operação MPRN no Seridó prende 6 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagou nesta quinta-feira (25) a operação Serrana. O objetivo é combater o tráfico de drogas em cidades do Seridó potiguar.
Foram cumpridos 1 mandado de prisão e outros 16, de busca e apreensão, nas cidades de Florânia, São Vicente, Tenente Laurentino e Caicó. Houve apreensão de drogas, dinheiro e cinco prisões em flagrante. As 6 pessoas presas serão encaminhadas ao sistema carcerário potiguar.
A investigação sobre a atuação do grupo criminoso ficou a cargo da Promotoria de Justiça de Florânia, com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Seridó.A operação Serrana contou com a participação de promotores de Justiça e servidores do MPRN.
A ação também contou com 68 policiais militares. Foram apreendidos cocaína, crack, maconha, balança de precisão, máquinas de cartão, vários cartões e ainda dinheiro em espécie.
O material apreendido será periciado pelo MPRN e servirá de provas de que os investigados estão associados para prática do crime de tráfico de drogas, mediante armazenamento, transporte, venda e aquisição de entorpecentes.O Gaeco/MPRN mantém o Disque-Gaeco para o recebimento de denúncias de crimes.
O contato via WhatsApp é (84) 98863-4585, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. As denúncias também podem ser enviadas pelo e-mail: denuncia@mprn.mp.br. As informações e os dados dos denunciantes serão preservados.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Ezequiel Ferreira recebe presidente do TJRN e desembargadores para tratar de projetos do Judiciário

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado, Vivaldo Pinheiro, esteve nesta quarta-feira (24) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para reunião com o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB). Na pauta, projetos em tramitação no Legislativo que envolvem também o Poder Judiciário. O encontro contou com a participação dos desembargadores Cornélio Alves, Glauber Rêgo, Gilson Barbosa e Amaury Moura Sobrinho.

Os desembargadores solicitaram celeridade dos parlamentares na análise em especial do Projeto de Lei de Custas, apresentado pelo Judiciário. A proposta estabelece novos valores para diversos setores do TJRN, como custas processuais, extrajudiciais e junto a cartórios. Um escalonamento é criado para reduzir os valores cobrados das pessoas mais humildes.

“Viemos solicitar apoio da Assembleia para um projeto que é debatido internamente há anos e que permitirá, por exemplo, que algumas pessoas possam pagar menos por custas. E agradecemos aos deputados que se comprometeram em dar agilidade a esta matéria”, disse Vivaldo Pinheiro.

Ezequiel Ferreira destacou a parceria que a Assembleia Legislativa vem mantendo não apenas com o Judiciário, mas também com o Executivo e o Ministério Público. “É importante essa união a favor de pautas que sejam do interesse da população potiguar e, mais uma vez, vamos debater com a atenção devida a proposta apresentada pelo Judiciário”, disse.

Também estiveram presentes na reunião os deputados estaduais Tomba Farias (PSDB), Getúlio Rêgo (DEM), Albert Dickson (Pros) e George Soares (PL). O diretor geral da Assembleia Legislativa, Augusto Carlos Viveiros, também participou do encontro.

por Caboré Locações Publicado em Notícias