Governo busca apoio da Codevasf para pavimentar os 31 quilômetros da Estrada do Melão

O Governo do Rio Grande do Norte está solicitando à Codevasf – Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba – audiência técnica para tratar da pavimentação da Estrada do Melão. A rodovia é estratégica para o escoamento da produção da fruticultura na região Oeste e para a produção agrícola nos assentamentos de trabalhadores rurais, incluindo a Maísa.

A iniciativa foi decidida nesta quarta-feira (09). O Estado já havia iniciado a pavimentação de um trecho de 10 quilômetros dos 31 da rodovia, quando o Ministério do Desenvolvimento Regional, através da Codevasf, iniciou trabalhos de topografia no mesmo local. Diante dessa manifestação, a governadora Fátima Bezerra decidiu que a administração estadual vai pedir, com urgência, audiência com a diretoria da Codevasf para buscar entendimento e realizar, em parceria, a pavimentação de toda a extensão da estrada.

“Através do programa Governo Cidadão, o Governo do Estado investiu R$ 20 milhões para superar entraves e pagar indenizações para o reinício das obras que foram contratadas em 2010 e estavam paralisadas”, afirmou Fátima Bezerra em reunião com a prefeita de Baraúna, Divanize Oliveira, vereadores do município, com o empresário Luiz Barcelos, da Agrícola Famosa (maior produtora e exportadora de melão do país), e representantes dos assentamentos de trabalhadores rurais, esta manhã, no auditório da Governadoria em Natal.

“Vamos reunir as equipes técnicas do Governo e da Codevasf para tratar da estrada como um todo. O Estado quer terminar os 10 quilômetros que já começou e a Codevasf poderá fazer os 21 restantes. Esta reunião em Natal será muito importante para todos, principalmente para os grandes e pequenos produtores que serão beneficiados e para o desenvolvimento econômico e social do RN”, disse Fátima Bezerra.

A governadora enfatizou que o Estado fará tudo o que lhe couber para contornar os entraves burocráticos. “Queremos a conclusão da estrada por que esta é uma demanda antiga, muito necessária, vez que a Estrada do Melão é estratégica para o escoamento da produção”.

O coordenador do programa Governo Cidadão e secretário de Estado de Gestão de Projetos, Metas e Relações Institucionais (Segri), Fernando Mineiro explicou que o Estado investiu R$ 20 milhões na retomada das obras e outros R$ 4 milhões na escola Gilberto Rola que atenderá a população daquela área. “O Estado já havia começado as obras. Se o governo federal quiser se somar, aceitamos. A estrada será feita sim”, pontuou o secretário.

“Não tínhamos qualquer dúvida que o Governo do Estado vai manter o investimento de sua parte e buscar o entendimento com o Governo Federal. Como empresário no Rio Grande do Norte tenho acompanhado a seriedade e compromisso da administração estadual em atender as demandas e promover o desenvolvimento. Os recursos federais também são do povo que paga impostos que devem ser revertidos em benefícios da população”, declarou Luiz Barcelos.

Na reunião, a governadora foi acompanhada também pelos secretários de Estado Aldemir Freire (Planejamento) Jaime Calado (Desenvolvimento Econômico), Alexandre Lima (Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar), Guilherme Saldanha (Agricultura, Pecuária e Pesca), Daniel Cabral (Comunicação Social), secretaria adjunta do Gabinete Civil, Socorro Batista, Procurador Geral do Estado, Luiz Antônio Marinho.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s