VACAS COM QR CODE

Quem for visitar a 60ª Festa do Boi, que acontece a partir do próximo sábado (08) até domingo (15) no Parque de Exposições Aristófanes Fernandes em Parnamirim, vai ter oportunidade de conhecer um grupo de pecuaristas potiguares que foge ao padrão convencional. São ao todo 10 integrantes do Núcleo de Produtores de Leite – Empreleite. Eles fazem parte do Programa Empreender, desenvolvido pela Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), executado pela Associação Comercial do RN com o apoio do Sebrae. Eles trabalham com base no associativismo e cooperativismo, visando a melhora do manejo e dos resultados.

No pavilhão do Empreleite, portanto, os visitantes serão convidados a vivenciar uma experiência única: vão poder acessar o QR Code de cada animal exposto e conferir seu histórico, sua árvore genealógica e como é a vida dele por meio de vídeos gravados  na fazenda de onde vem. Estudantes de veterinária da Uninassau acompanharão de perto todas as atividades que envolvem os animais, com a demonstração ao vivo do manejo, da mesma forma como acontece nas fazendas.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

POLICIA MILITAR PRENDE HOMEM COM COCAÍNA

Policiais militares do GTO (Grupo Tático Operacional), pertencente ao º BPM, acaba de prender um tornozelado portando uma fração de cocaína.

Wallison Silva Batista, vulgo Foguinho, foi conduzido para ser apresentado à autoridade policial competente e vai ficar à disposição da justiça do RN.

POR JAIR SAMPAIO

por Caboré Locações Publicado em Notícias

IDOSA DE 77 ANOS FOI ENCONTRADA EM SITUAÇÃO DESUMANA

Policiais civis realizaram na tarde desta terça-feira (4), na Grande Natal, a prisão em flagrante de um homem de 53 anos, pelos crimes de cárcere privado e maus-tratos praticados contra a própria mãe, uma idosa de 77 anos. A prisão ocorreu no bairro de Bela Vista, no município de Macaíba.

De acordo com a Polícia Civil, denúncias anônimas e relatórios com relatórios do Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS) apontavam que a vítima vivia confinada em um pequeno quarto, sem qualquer ventilação natural, iluminação e energia elétrica, dormindo em um colchonete de borracha e sendo forçada a se alimentar com as mãos.

G1 RN

por Caboré Locações Publicado em Notícias