Ministra do Direitos humanos queria ganhar mais de 60 mil

ministra.jpgPoucas horas depois de se tornar pública a comparação do recebimento de um salário de R$ 33,7 mil mensais ao trabalho escravo, a ministra Luislinda Valois, dos Direitos Humanos, desistiu de pedir ao governo federal que receba além do teto constitucional. Luislinda, que também é desembargadora aposentada, havia pedido para acumular seu salário de aposentada com o de ministra, que no total chegaria a R$ 61,4 mil.

Pela legislação brasileira, servidores públicos podem receber no máximo R$ 33,7 mil, o equivalente ao salário de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Por isso, além da remuneração como magistrada aposentada, Luislinda fica com apenas R$ 3,3 mil (em valores brutos) dos quase R$ 31 mil a que teria direito como ministra de Estado, em respeito ao teto constitucional.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s