Após quatro adiamentos, acusados de planejar morte de radialista no RN devem ser julgados nesta segunda (15)

Lailson Lopes, o 'Gordo da Rodoviária', destituiu advogado durante o júri em 2017. Em março deste ano, ele voltou a recusar defesa e recebeu voz de prisão — Foto: Reprodução/Inter TV CabugiApós ser adiado quatro vezes, deve enfim ser realizado nesta segunda-feira (15) o júri popular unificado do ex-pastor evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral e do comerciante Lailson Lopes, o ‘Gordo da Rodoviária. Ambos são acusados de planejar a morte do radialista Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes – assassinado a tiros em 18 de outubro de 2010 na cidade de Caicó, na região Seridó potiguar.

O julgamento está marcado para começar às 8h, no Fórum Desembargador Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova, Zona Sul de Natal.

Anúncios

Em 40 minutos de blitz, PM autua 15 motoristas por embriaguez ao volante na Grande Natal

Blitz aconteceu em frente ao colégio Salesiano, na Av. Ayrton Senna, em Nova Parnamirim — Foto: PMRN/DivulgaçãoQuinze motoristas foram autuados na madrugada deste domingo (14) por embriaguez ao volante em uma blitz da Lei Seca montada na Av. Ayrton Senna, no bairro de Nova Parnamirim, em Parnamirim, na Grande Natal.

A Polícia Militar informou que a fiscalização, que foi montada por volta da meia-noite, teve que ser interrompida antes de 1h por causa da chuva.

Dois carros ainda conseguiram dar marcha a ré e escaparam da barreira, mas foram identificados e os proprietários devem ser punidos.