Ivênio Hermes é liberado após audiência de custódia

O pesquisador e coordenador de estatísticas da Secretaria de Segurança do Rio Grande do Norte, Ivênio Hermes, foi liberado da prisão em audiência de custódia realizada na tarde desta terça-feira (9). Ele foi liberado mediante medidas cautelares e pagamento de fiança de 40 salários mínimos. O alvará de soltura só será expedido após o pagamento, com o pesquisador podendo responder em liberdade. 

A audiência começou por volta das 14h45. Ivênio Hermes esteve acompanhado de um advogado. A decisão da audiência de custódia determinou ainda que Ivênio precisará comparecer em juízo mensalmente e comunicação de novo endereço em caso de mudança de endereço.  Mais cedo, o secretário de Segurança do Rio Grande do Norte, coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, confirmou que vai exonerar o coordenador de Análises Criminais da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed). 

De acordo com informações do TJRN, Ivênio Hermes precisa da comparecer em juízo, mensalmente, entre os dias 20 e 30 de cada mês para informar e justificar atividades. Além disso, está proibido de sair de Natal por mais de 8 dias, informar ao juízo competente eventual mudança de endereço e suspensão do porte/posse de arma de fogo. Além disso, também está proibido de manter qualquer contato ou se aproximar das vítimas.

EpisódioIvênio Hermes foi detido após uma confusão em seu condomínio, na noite da segunda-feira (8), na zona Sul de Natal. Um adolescente e uma criança discutiram com Hermes por estarem supostamente tocando a campainha da casa do coordenador da Sesed. Ele teria ameaçado as crianças e o pai dos jovens, que é um vizinho uruguaio instrutor de surfe, foi tirar satisfações com Ivênio Hermes.

Na discussão, de acordo com o pai dos jovens, Ivênio foi até a residência deles e começou a efetuar os disparos. Há marcas nas paredes da garagem da casa do vizinho, que disse que correu com os filhos para dentro de casa com medo de serem atingidos.

Ivênio Hermes foi preso em flagrante e por ameaça e disparo de arma de fogo, sem a possibilidade de fiança devido à pena prevista aos crimes ultrapassar o limite para que ele fosse liberado após pagamento. Hermes permaneceu a noite na delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal e, nesta manhã, foi deslocado para o sistema prisional, de onde será conduzido a uma audiência de custódia na tarde desta terça-feira.
Além da nota confirmando a exoneração, Coronel Araújo afirmou, no programa O Povo no Rádio, da 96 FM, que será oferecido tratamento psicológico a Ivênio Hermes.

Tribuna do Norte

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s