Especialista não vê variante como risco ao Brasil

A nova variante da Covid-19 que surgiu na África do Sul tomou o noticiário ameaçando um novo “pior momento da Pandemia”, mas, até o fim da semana, havia menos de 100 casos registrados. Ainda assim, o doutor em genética Alessandro Ferreira disse, em evento a investidores, que a variante representa menor risco para o Brasil devido à proximidade genética com a P1, que assolou Manaus (AM) e se espalhou pelo país.

Pouco risco

Segundo Ferreira, os efeitos da contaminação por uma variante tão semelhante são geralmente assintomáticos ou com baixa gravidade.

Modelo mundial

Fator importante para dar certo alívio ao Brasil é a grande cobertura vacinal do Brasil, com 77% da população vacinada e 62% imunizada.

Viva o SUS

O doutor em genética também lembra que o manejo e tratamento dos pacientes com covid melhorou muito e ajudou a reduzir a mortalidade.

Males para o bem

A variante delta também foi vista como uma grande preocupação, mas a mesma proximidade genética à P1 “salvou” o Brasil de efeitos piores.

Cláudio Humberto

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s