Mãe e dois filhos são assassinados com tiros de espingarda

Crime aconteceu por volta das 2h, dentro de uma casa na rua Castelo Branco, perto do cemitério Bom Pastor II — Foto: Alessandro Sousa/Inter TV CabugiUma mulher e dois filhos foram assassinados a tiros de espingarda na madrugada desta quinta-feira (3) no bairro Bom Pastor, na Zona Oeste de Natal. Ninguém foi preso.

O triplo homicídio aconteceu por volta das 2h, dentro de uma casa na rua Castelo Branco, na comunidade Cambuim, perto do cemitério Bom Pastor II.

Segundo a Polícia Militar, a mãe foi identificada como Sônia Sueli Dias da Silva, de 41 anos, que trabalhava como diarista. Já os filhos, são Mislaine Dias Marinho, de 21 anos, e Diego Silva dos Santos, de 15. Os três, ainda de acordo com a PM, foram baleados na cabeça, o que caracteriza crime de execução.

Na casa, ainda de acordo com a polícia, estavam mais duas pessoas: uma outra filha de Sônia, uma menina de 13 anos, e a neta, uma criança de 5 anos. As duas foram poupadas.

Os criminosos foram dois homens que chegaram a pé, arrombaram a porta a chutes e invadiram a casa. Lá dentro, ordenaram que Sônia, Mislaine e Diego deitassem no chão e depois atiraram.

Ainda não há pistas dos assassinos nem da motivação do crime.

O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)

João de Deus recebe alta médica e volta para prisão, em Goiás

O líder religioso João de Deus recebeu alta médica na madrugada desta quinta-feira (3). Ele havia sido internado na noite de quarta-feira (2), após passar mal na prisão, e foi socorrido e levado para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).

De acordo com o G1, João de Deus apresentou sangramento na urina e, por isso, precisou realizar os exames fora do complexo prisional. Após receber atendimento, ele foi reencaminhado para a prisão em que está detido por denúncias de abuso sexual desde o dia 16 de dezembro.