Operação do 2° GPRE foi realizado em Parelhas

Foi realizado no Perímetro Urbano de Parelhas, mais uma ação da Policia Rodoviária Estadual, 2º GPRE, na noite desta sexta (18), com abordagem e fiscalização no trânsito daquele município que que vive a Festa do Padroeira São Sebastião.
Veículos Fiscalizados: 38
sendo:
26 carros
12 motocicletas
11 abordagens a pessoa
01 remoções
13 testes etilômetro
06 Autuações.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

PM apreende mais de 50 pés de maconha e estufa na Grande Natal

Policiais militares apreenderam em Parnamirim, na Grande Natal, mais de 50 pés de maconha e uma estufa, dentro de uma casa. A apreensão aconteceu nesta sexta-feira (18), no bairro Boa Esperança. Um homem e uma mulher que estavam no local foram presos.

Os PMs passavam pela rua à procura de um celular que havia sido roubado, quando viram um homem correndo, após perceber a presença da viatura. Depois de o abordagem, os policiais chegaram até o imóvel onde estava a plantação e a estufa. Lá estava também a mulher que foi presa junto com o primeiro suspeito.

G1/RN

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Luto: Morre Hélio Câmara

Resultado de imagem para helio camara

A COMUNICAÇÃO DO RIO GRANDE DO NORTE ESTÁ EM LUTO

Acabo de receber do amigo Aquino Neto a triste, inesperada e indesejável notícia do falecimento de Hélio Câmara, um dos grandes narradores esportivos que conheci. Comunicador de primeira.
Portanto, o rádio, a comunicação de um modo geral, e o meio esportivo do nosso Estado, e não apenas, o futebol, estão de luto.
Fui um dos seus admiradores.
A todos os familiares e amigos, a minha palavra de solidariedade.
Nascido a 16 de outubro de 1940, Hélio terá velório no Centro da Rua São José, sala 2.
No portal do Morada da Paz tem duas informações – uma que o velório está acontecendo. Outra, que o horário ainda vai ser definido. Liguei pra lá e fui informado que devo procurar a informação por volta das 10 horas, pelo telefone 3213-6155.
O sepultamento será às 17 horas, no Cemitério Público do Alecrim.

Por Jornal do RN

por Caboré Locações Publicado em Notícias

No Brasil se mata mais que Uruguai, Chile e Argentina juntos

Para efeito de comparação, na Argentina, a taxa foi de 5,2 mortes por 100 mil habitantes, em 2017. No Chile, 3,6 por 100 mil 2018 ainda não está contabilizado). É preciso admitir, se colocado lado a lado à realidade brasileira, os uruguaios ainda estão num paraíso: aqui, a taxa de assassinatos é de 30,3 para cada 100 mil habitantes, em 2018.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Depois da legalização da maconha o Uruguai aumentou e muito o número de homicídios

Do Gaúcha ZH – Conhecido pela excelência dos assados, dos laticínios e também pelo segredo bancário, o Uruguai tem ganhado fama por outra experiência, pioneira na América do Sul, a venda legalizada de maconha para uso recreativo. O fim da repressão ao consumo de marijuana foi aprovado em 2013 no país vizinho e a comercialização liberada, parcialmente, em 2017.

Desde então, talvez não por coincidência, os uruguaios vivenciaram a maior explosão de assassinatos dentre os que partilham fronteiras com o Brasil. Foram 382 homicídios em 2018, 35% a mais que os 283 do ano anterior. Mais de uma vítima por dia, algo inédito naquela nação.

O Grupo de Investigação da RBS (GDI) foi ao Uruguai para conferir o fenômeno. Documentou a explosão de crimes em 2018. Percebeu que o medo virou rotina, sobretudo em cidades de fronteira, onde emboscadas ocorrem nas ruas, à luz do dia.

Criminosos ofertam granadas e fuzis pelo WhatsApp e combinam assassinatos de rivais. Ataques a carros-fortes e casas de câmbio têm sido frequentes. Policiais brasileiros batem recordes de apreensão de droga rumo a território uruguaio.

Uma mudança e tanto, para pior, no cenário de um país conhecido pela paz. Os fatos indicam que isso ocorre porque quadrilhas, nacionais e internacionais, disputam o rico e crescente mercado da venda da erva. O crescimento do número de assassinatos se dá no contexto em que a procura por droga é maior que a oferta de mercadoria legalizada. Os criminosos se aproveitam dessa falta de estrutura do mercado formal para oferecer venda ilegal — e travam sangrenta disputa pelo domínio desse comércio.

Segundo policiais brasileiros e uruguaios, grande parte dessa marijuana ilegal vem do Paraguai e chega ao Uruguai pelo Rio Grande do Sul, numa triangulação que envolve armamento e dinheiro em troca. Duas áreas no Uruguai se destacam pelo crescimento da violência: a Região Metropolitana — onde o consumo é maior, segundo autoridades —, e as fronteiras uruguaias com o Brasil e com a Argentina (principais pontos de ingresso de droga). Mas o fenômeno é generalizado. De 19 departamentos uruguaios, em 16 o número de assassinatos aumentou no primeiro semestre de 2018 comparado ao mesmo período de 2017, mostram estatísticas do Ministério do Interior uruguaio.

A tendência vem de longe. A taxa de homicídios no Uruguai era de 7,6 por 100 mil habitantes em 2013. Após a liberação da erva, passou para 8,5 mortes para cada 100 mil habitantes, em 2015, que se manteve até 2017. No ano passado, deu um salto, chegando a 11,2 assassinatos para cada grupo de 100 mil pessoas. As estatísticas são do Observatorio de Seguridad de la Fundación Propuestas (Fundapro), ONG ligada ao Partido Colorado, oposicionista, que não tem contestação do governo uruguaio.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Chuva de 150 milímetros foi registrada no Seridó

As chuvas voltaram a banhar a região do Seridó nesta sexta-feira (18/01). Choveu bem na zona rural do município de Carnaúba dos Dantas-RN, onde no Sítio Garrotes a precipitação pluviométrica registrou 150 milímetros.
No Sítio Pedra Branca e no Povoado Ermo choveu 120 milímetros e no Sítio Lagedo 60 milímetros. A barragem do Povoado Ermo tomou um bom volume de água, já que a mesma estava seca.

Fonte: Blog do Toscano Neto

por Caboré Locações Publicado em Notícias