Homem sem habilitação e com sintomas de embriagues colide moto em viatura da policia

POR BLOG DO JOTA DANTAS – Como diz aquele ditados, além de queda, coice. Foi isso meso o que aconteceu. Após o assalto a uma família na cidade de Lagoa Nova, todas as viaturas sairam em patrulhamento a fim de localizar os criminosos. E para falta de sorte, um cidadão com sintomas de embriagues, em uma moto com os faróis apagados, sem habilitação e sem os documentos da mesma, colidiu em uma viatura.

Ele, Geová Soares de Souza, residente no Assentamento Santa Clara, sofreu uma fratura em um dos ombros e foi encaminhado para delegacia de plantão, para os procedimentos.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Três criminosos invadiram residencia em Lagoa Nova causam terror a família

POR BLOG DO JOTA DANTAS – Por volta de 19h30 desta terça (29), um cidadão estava em sua residencia na Rua Tarcísio Luiz Victor, em Lagoa Nova, quando alguém o chamou pelo nome e ao sair, ele foi rendido por um individuo, que pegou-o pelo pescoço e invadiu sua residencia. Logo após chegaram mais dois, os três armados com revolver, anunciaram o assalto, e em seguida subtraíram uma quantia em dinheiro, cerca de R$ 1.300,00, mais 01 notebook e as alianças do casal.

Os criminosos eram 01 gordo, 01 franzino e outro magro alto e estavam em um carro Sedan de cor preta.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Cabo da PM é morto em troca de tiros

PM mortoUm policial militar morreu vítima de disparos de arma de fogo na tarde desta terça-feira (29) após ser confundido com bandido quando conduzia um carro, no Distrito de Cachoeirinha, município de Tacima, na Paraíba.

A vítima foi o Cabo Edmo de Lima Tavares, que era lotado no 9º Batalhão de Polícia Militar, situado em Cuité (PB). O PM estava conduzindo um veículo Strada, carregado de cestas básicas quando foi alvejado.

Segundo informações, a vítima teria sido confundida por três policiais à paisana do estado do Rio Grande do Norte, que cumpriam um mandado de prisão na região. Testemunhas relataram que durante tentativa de abordagem, o policial efetuou fuga imaginando que fosse um assalto.

Edmo Tavares foi atingido por vários tiros e na fuga acabou colidindo o carro em que dirigia. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Distrital da cidade de Belém (PB), mas morreu a caminho. A polícia científica foi acionada para realizar a perícia e remoção do corpo ao Núcleo de Medicina Odonto-Legal (Numol) de Guarabira (PB).

O caso está sendo investigado pelas polícias da PB e RN. Até às 19h, nenhuma assessoria havia se pronunciado sobre o ocorrido. A nossa redação não teve sucesso nas ligações realizadas para os respectivos comandos.

O policial era casado e pai de duas meninas. Redação e Fonte: Blog do Pedro Júnior

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Homem morre durante vaquejada no RN e pessoas continuam se divertindo ao lado do corpo durante 6 horas como se nada tivesse acontecido

frame-vaquejadaO corpo de um homem de 55 anos que teve um mal súbito e morreu durante uma vaquejada só foi recolhido quase seis horas depois. E enquanto o instituto legal não chegava ao local, o evento continuou, com o corpo na arquibancada. O caso aconteceu na tarde deste domingo (27) no município de Santo Antonio, distante cerca de 60 quilômetros de Natal.

Gilson Rodrigues da Silva assistia a vaquejada no Parque Arapuá, por volta 13h30, quando teve um mal súbito e morreu. Ao perceberem a morte, as pessoas acionaram a Polícia Civil, mas o evento continuou normalmente.

O Instituto Técnico-Científico de Perícia foi acionado para recolher o corpo, mas chegou ao local às 19h13. Durante as quase seis horas, o corpo ficou na arquibancada do parque de vaquejada, dividindo espaço com os espectadores do evento.

Em nota, o Itep informou que só foi acionado às 17h, quando a ocorrência foi registrada no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). Já a Polícia Civil informou que a equipe de Plantão comunicou o fato ao Ciosp às 15h, mas nesse horário já havia registro da morte no sistema.

Já o proprietário do parque Arapuá disse que o evento continuou porque não houve nenhum acidente ou morte violenta.

Fonte: G1 RN 

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Grupo de teatro foi abordado pela PM em encenação teatral com armas de brinquedos

abordagemUm grupo evangélico foi abordado por policiais militares durante uma encenação teatral a céu aberto no conjunto Cidade das Flores, em São Gonçalo do Amarante, Grande Natal. Os PMs confundiram a peça realizada pelos jovens religiosos com uma cena de crime. A situação foi filmada.

Nas imagens, os policiais aparecem chegando à rua em que estava acontecendo a peça de teatro e rendendo os participantes. Os atores empunhavam uma arma de brinquedo que fazia parte do contexto da encenação.

O caso aconteceu no sábado (26), segundo dia do evento “Teen Impacto”, que aconteceu entre a sexta (25) e o domingo (27).

A proposta é levar esquetes às ruas, representando cenas de violência urbana, como assassinatos, o envolvimento de adolescentes com o tráfico de drogas e a violência sexual no meio familiar.

A ideia é debater os temas junto à população da comunidade para evitar que essas pessoas sejam submetidas a situações semelhantes.

No entanto, a polícia foi acionada com a denúncia de que criminosos armados circulavam pelo bairro. Uma equipe foi mandada ao local e se deparou com os jovens, confundindo-os com bandidos. Foi aí que se deu a abordagem.

“Eu condeno a atitude? Condeno. Mas quem são os culpados? Talvez o sistema de segurança pública seja o maior culpado por tudo isso. Então você culpar três PMs que estavam de serviço, achando que aquilo é real, eu acho muito pesado. Houve erro, mas isso talvez tenha sido gerado pela questão da violência que vivemos”, pondera o pastor.

Teen Impacto

O pastor Alex dos Santos diz que o evento proposto pela Agir integra membros de diferentes igrejas evangélicas. “A ideia é mostrar essa realidade de violência a esses jovens, para que, com esse choque de realidade, eles não se aproximem desse tipo de situação”, acrescenta.

O evento é realizado há quatro anos e atualmente está presente em 13 cidades brasileiras. Nesta edição, em São Gonçalo do Amarante, 127 integraram o projeto como participantes da experiência e outras 239 pessoas atuaram no suporte ao evento.

por Caboré Locações Publicado em Notícias