Com quatro emendas encartadas, Comissão Especial aprova PEC da Previdência

Com quatro emendas encartadas ao projeto original pelo relator da matéria, deputado Raimundo Fernandes (PSDB), a Comissão Especial da Reforma da Previdência Social do Estado aprovou o relatório a ser encaminhado à votação final no Plenário da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (1°) pelo Sistema de Deliberação Remota (SDR).
 
Além do que foi aprovado em seu relatório, duas outras emendas dos deputados Albert Dickson (Pros) e Dr. Bernardo (Avante) vão ser levadas ao plenário como destaque. “Temos que ir em frente, olhando para o Rio Grande do Norte. Nós temos responsabilidade muito grande com o nosso Estado e não podemos fazer demagogia. O que resolve é a realidade, porque a nossa responsabilidade imensa é com o futuro do nosso Estado”, disse o relator da matéria, deputado Raimundo Fernandes.
 
Antes da discussão e votação do relatório, o presidente da Comissão, deputado George Soares (PL) fez um histórico do trabalho da Comissão, que tinha feito a sua última reunião em 16 de março, mas que o trabalho do relator estava em prosseguimento. O deputado lembrou que a Lei Federal estabelece um prazo até 31 de julho para que os Estados e o Distrito Federal façam suas reformas previdência. “Se o prazo não for cumprido os Estados e Distrito Federal não receberão os repasses do governo Federal”, enfatizou.
 
O relatório será publicado nesta quinta-feira (2) no Diário Oficial Eletrônico e encaminhado para ser colocado na Ordem do Dia para a votação final em Plenário. Participaram da reunião os deputados George Soares, Raimundo Fernandes, Souza Neto (PSB) Albert Dickson e Dr. Bernardo.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

RN chega a mil mortes pelo Covid-19

O Rio Grande do Norte ultrapassou as 1 mil mortes confirmadas pelo novo coronavírus nesta terça-feira (30), segundo a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). Ao todo, o estado tem 1.034 mortes pela Covid-19 desde o início da pandemia e também chegou à marca de 30.287 infectados. Foram 94 dias de diferença entre a primeira e a milésima morte no estado.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Mulher mata a mãe com marretadas

Uma mulher de 18 anos foi presa após matar a própria mãe a facadas e marretadas, na manhã desta terça-feira (30), na Zona Oeste de Natal. A informação foi confirmada pela Polícia Civil. Aos agentes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a mulher confessou o crime e disse ter cometido o ato extremo por “impulso”.

A vítima foi identificada como Edilza dos Santos Oliveira, de 53 anos. Na delegacia, a jovem disse que assassinou a própria mãe por medo de ser expulsa de casa, o que já havia acontecido antes por causa da dependência química da suspeita. As duas moravam juntas no bairro Bom Pastor.

Ainda segundo a Polícia Civil, a mulher presa em flagrante contou ter passado a noite anterior consumindo drogas ilícitas e ingerindo bebidas alcoólicas, o que, segundo ela, teria provocado o homicídio. Ela deverá ser encaminhada à Central de Flagrantes e o crime será investigado pela DHPP.

por Caboré Locações Publicado em Notícias