Vice-prefeito de Ipanguaçu é um dos nomes fortes do PSDB na região do Vale do Açu

Odontólogo Thales Marinho tem 37 anos e ideias novas para fortalecer município entre os 35 maiores do Estado

Ipanguaçu também está nos planos do PSDB potiguar. Cidade com quase 16 mil habitantes, Ipanguaçu hoje está entre os 35 maiores municípios do Rio Grande do Norte. A importância geográfica para a região do Vale do Açu também desperta interesse do PSDB, que vem crescendo e atraindo nomes jovens e com novas ideias. O odontólogo Thales Marinho, vice-prefeito é o pré-candidato da sigla para as Eleições 2020.

A maior parte da população de Ipanguaçu, ou seja, quase 9 mil habitantes residem em assentamentos, distritos e comunidades rurais. Por isso que Thales Marinho tem planos também para desenvolver essa parte da cidade. “Tenho o sonho de olhar para uma Ipanguaçu mais justa, de pleno emprego e oportunidades para seus filhos. Nesses últimos anos, tenho feito o que gestores responsáveis e comprometidos com nosso futuro devem fazer. Estudado, buscando alternativas e me cercando de pessoas da cidade para ouvir suas ideias. Não existe mágica, existe responsabilidade. Acredito que a mudança se faz mantendo a palavra. E a esperança se faz tendo atitude”, explica o jovem, que reúne forças para enfrentar o desgaste do prefeito Valderedo Bertoldo.

Nos últimos dias, Thales Marinho também teve sua primeira vitória. Ele se recuperou em 16 dias da Covid-19. Distante de casa, das pessoas que ama e da cidade. “Retorno para o meu aconchego curado depois de receber tanto apoio, carinho e amor dos familiares, amigos e de todo o povo de Ipanguaçu”, comentou em suas redes sociais.

Ipanguaçu tem uma pandemia forte. De acordo com o último Boletim Epidemiológico da Prefeitura, o município teve 10 mortes e 171 casos confirmados. 85 pessoas foram consideradas suspeitas.  “Já enfrentei tantos desafios, que hoje eu não desisto de tentar, pelo contrário, busco sempre forças para se superar. Na minha trajetória política e profissional foi assim, e agora diante da pandemia onde a luta é contra um inimigo invisível, tenho aprendido mais ainda o quanto minha vontade, as ideias que nascem do coração e o desejo genuíno de trabalhar pelo bem comum podem mudar a realidade das pessoas”, comentou Thales Marinho. 

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Ezequiel Ferreira solicita carros fumacê para região Central e Salineira do RN


Em meio a atual crise de saúde pública causada pela pandemia do coronavírus, há ainda uma antiga preocupação que assusta aos potiguares: o mosquito Aedes aegypti, inseto transmissor da dengue, zika e chinkungunya. Para ajudar a combater as doenças, o deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, solicitou o envio de carros fumacê para os municípios de Angicos, Macau e Guamaré.

Em requerimento endereçado a governadora Fátima Bezerra (PT) e ao secretário estadual de Saúde Pública, Cipriano Maia, o parlamentar pede a realização de um estudo de viabilidade para que os veículos sejam encaminhados a estas localidades. 

Na justificativa, Ezequiel argumenta que o carro fumacê é uma das mais importantes formas de combate ao mosquito, já que a fumaça de inseticida é espalhada pelas ruas e residências afim de tentar controlar a proliferação do inseto. 

“Em tempos de pandemia pela Covid-19, surge a preocupação de controle a essas arboviroses, que os sintomas tanto se confundem com os do coronavírus. Além disso, a proliferação do mosquito se dá com maior intensidade nesses períodos de calor e chuva”, alerta Ezequiel.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

PF prende em São Paulo integrante de facção criminosa foragido do RN

Mossoró/RN – A Força-Tarefa de Combate às Facções Criminosas em Mossoró, coordenada pela PF e composta por policiais federais, policiais civis, policiais militares, bem como policiais penais federais, atuando em colaboração com a Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI/MJSP), prendeu na manhã desta terça-feira, 28/07, um homem de 29 anos, procurado desde o mês de setembro de 2019, quando da deflagração da Operação Extração no RN.

O mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Criminal da comarca de Mossoró foi cumprido no Centro de Detenção Provisória Belém II, em São Paulo/SP, onde o procurado estava detido desde o último dia 23/7, ocasião em que foi preso em flagrante, acusado de tráfico de drogas.

No Rio Grande do Norte, o homem integrava a cúpula paulista do PCC e era apontado como um dos “Sintonias Gerais”, posição hierárquica de destaque no comando da facção criminosa neste estado.

A investigação realizada pela Polícia Federal culminou com o indiciamento do investigado por integrar organização criminosa (artigo 2º, da Lei nº 12.850/2013), e por sua associação ao tráfico de drogas no RN (artigo 35 da Lei n. 11.343/2006).

Apesar das restrições impostas no período de calamidade pública, a Força-Tarefa formada pela PF, PM/RN, DEPEN e PC/RN prossegue nos trabalhos, a fim de monitorar e reprimir as ações das facções criminosas no Rio Grande do Norte.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Operação Tijolo quente tem inicio em Currais Novos nesta quarta (29)

POR BLOG DO JOTA DANTAS – O 2º GPRE inicia nesta quarta-feira (29), a Operação Tijolo Quente, que visa combater o uso de gás de cozinha, em carros. A operação terá inicio nas RNs que são área de circunscrição do grupamento de Currais Novos.

Além da lei federal de 1991, também o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) proíbe o uso do GLP em veículos. O conselho adotou a resolução nº 673 em 21 de junho de 2017 que restringe o uso do gás como combustível apenas a “máquinas utilizadas para carregar e descarregar mercadorias, denominadas de ‘empilhadeiras’”

Nela está descrito: “proíbe a instalação e a utilização do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) como combustível nos veículos automotores. Somente as máquinas utilizadas para carregar e descarregar mercadorias, denominadas de “empilhadeiras”, poderão utilizar o GLP como combustível”. 

Art. 1° da LEI Nº 8.176, DE 8 DE FEVEREIRO DE 1991, constitui crime contra a ordem econômica: I – adquirir, distribuir e revender derivados de petróleo, gás natural e suas frações recuperáveis, álcool etílico, hidratado carburante e demais combustíveis líquidos carburantes, em desacordo com as normas estabelecidas na forma da lei;

II – usar gás liqüefeito de petróleo em motores de qualquer espécie, saunas, caldeiras e aquecimento de piscinas, ou para fins automotivos, em desacordo com as normas estabelecidas na forma da lei.

Pena: detenção de um a cinco anos.

por Caboré Locações Publicado em Notícias