Efetivo da Polícia Civil poderá cair para 20% do ideal em três anos, alerta Adepol

A Associação de Delegados da Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Adepol) alertou que, em três anos, o efetivo da corporação pode cair para 20% do ideal. Em nota, a entidade comparou a situação da Polícia do RN com um buffet.

De acordo com a Adepol, o crescimento populacional deve deixar o quantitativo desproporcional ao ideal, caso não sejam reformadas. Em analogia com um buffet de festas, a associação assemelhou com um serviço de garçons desproporcional ao número de convidados, o que faria o serviço ter uma qualidade baixa.

Segundo a nota da Adepol, os números não foram atingidos “da noite para o dia”. O último concurso para a Polícia Civil aconteceu em 2008. Conforme consta, a corporação opera com cerca de 26% do efetivo adequado.

Para a presidente da Adepol, delegada Taís Aires, a realização do concurso depende, hoje, apenas da vontade da governadora Fátima Bezerra.

“Acredito na boa vontade da governadora, até porque ela já anunciou publicamente e fez promessas sobre o concurso. Mas isso não é suficiente. A chefe do executivo precisa deixar claro para todas as secretarias e órgãos envolvidos, que esse concurso é uma prioridade para o estado. Estamos cansados de tantas idas e vindas. Precisamos de atos concretos”, ressaltou.

Agora RN

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Mulher mata o próprio pai com tiro de espingarda

Em menos de 24 horas, a Polícia Militar prendeu a principal suspeita de ter matado seu próprio pai, no último domingo (16), na zona rural do município de Maturéia, sertão paraibano. A mulher, de 35 anos de idade, foi presa nas primeiras horas desta segunda-feira (17) em Teixeira.

Os policiais do 3º Batalhão chegaram até ela após receberem informações de um áudio em que a suspeita confessava a autoria do crime. Ela foi presa em uma ação da PM, confessou que o homicídio aconteceu após discussão com o pai por causa de uma ‘bebedeira’, e que teria efetuado disparo de arma de fogo contra a vítima, levando-o a morte. Durante a prisão, a mulher também apontou o local onde a arma do crime estava escondida, uma espingarda de fabricação caseira.

A arma e a suspeita foram encaminhadas para a delegacia da Polícia Civil em Teixeira, onde as informações passadas para a PM deverão ser investigadas.

Por Catolé Agora

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Comissão do coronavírus debate medidas de retorno às aulas em escolas privadas

Durante a reunião da Comissão de Enfrentamento ao Coronavírus, na tarde desta segunda-feira (17), foram discutidos os impactos da pandemia na educação pública e privada do Rio Grande do Norte, bem como as condições para o retorno das atividades escolares no Estado.

Representando o Centro de Educação Integrada – Romualdo Galvão, Cristine Rosado apresentou argumentos a favor da retomada das aulas presenciais, sob a concordância dos pais. “A nossa insistência para o retorno dos trabalhos se baseia no fato de que é na escola que o aluno se desenvolve, cresce e aprende. Além disso, depois da sua casa, é o ambiente mais seguro para o aluno estar”, disse.

Ela destacou também os protocolos sérios e rigorosos que estão sendo utilizados pelas instituições. “Nós só estamos pleiteando o retorno porque temos segurança nos nossos protocolos. Nossos professores e demais funcionários já estão treinados. Até os donos de transportes escolares foram orientados. Nós também temos filhos. É claro que nossa maior preocupação é com a segurança das crianças e adolescentes. E o nosso retorno vai servir de base até para apoiar a volta das escolas públicas também”, explicou.

Por fim, Cristine Rosado enfatizou que é preciso oferecer às famílias o direito de escolha. “A ideia é que o retorno se dê apenas com os alunos autorizados pelos pais, obviamente. É claro que não será uma tarefa fácil. Nós vamos trabalhar duplamente, virtual e presencialmente. Mas estamos dispostos a isso para defendermos a Educação do nosso Estado”, concluiu.

Em seguida, o membro do comitê de escolas particulares para enfrentamento da Covid-19, Gustavo Matias, fez um detalhamento da preparação das escolas particulares para retomarem as atividades presenciais. 

“Nós seguimos um protocolo muito rígido, baseado em países, como Japão, Espanha, Itália, Alemanha e Estados Unidos, adaptando à realidade do Rio Grande do Norte. Também fizemos uma parceria com o Sesi – RN (Serviço Social da Indústria) e o Sebrae – RN (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), para referendar nossos documentos. E todos sabem que quem mais entende de segurança no Brasil é o Sesi”, iniciou.

Gustavo Matias contou que o Sesi – RN nomeou engenheiros de biossegurança para ir em cada escola particular ajudar na elaboração dos seus procedimentos. 

“A partir disso foi feito um protocolo específico para cada uma das instituições de ensino. Depois, o pessoal de enfermagem do Sesi fez um treinamento com todos os membros da nossa equipe. Eles nos ensinaram como limpar os prédios, de quanto em quanto tempo, quais as distâncias mínimas necessárias etc. E nós ainda extrapolamos os muros das escolas, criando um curso específico para os donos de transportes escolares”, detalhou.

Ao final da sua fala, ele destacou a pressão de algumas famílias pelo retorno às aulas, já que muita gente já voltou a trabalhar presencialmente, além da dificuldade econômica por que passam as instituições. 

“Temos que levar em consideração que 2018 e 2019 foram anos muito complicados para as escolas privadas. E 2020 veio para piorar tudo. Se não pudermos trabalhar, como vamos continuar pagando nossas contas? Temos ainda todas as obrigações de água, luz, manutenção das estruturas, folha de pagamento, dentre outras. Mas não temos sequer o direito de retornar às nossas atividades. É complicado”, argumentou.

Na sequência, o presidente do Sindicato das Escolas Particulares do RN, Alexandre Marinho, falou que o principal pleito da categoria é oferecer opção para os pais entre aulas presenciais e online.

“De acordo com uma pesquisa que fizemos, 30% dos pais já querem aula presencial. É um número ainda reduzido, mas nós podemos atendê-los. Esses são pais que realmente precisam que seus filhos voltem ou que têm filhos se preparando para o Enem”, informou. 

Com relação à situação da Saúde, Alexandre Marinho ressaltou que o RN está com uma ocupação de leitos de 56%, o que é um fato favorável. “E a taxa de transmissão da doença está menor que 1%. Além disso, temos os exemplos de Maranhão e Amazonas, que já retornaram com as aulas e não houve nenhuma anormalidade em termos de aumento de pandemia”, finalizou o presidente do sindicato.

O secretário de Estado da Educação, Getúlio Marques Ferreira, frisou que o principal objetivo é defender o direito a educação, sem esquecer o direito a saúde. 

“É claro que priorizamos o ensino. Mas qual é o desenho que temos hoje? Infelizmente esse é um problema mundial. Em todos os países o retorno às escolas foi o último, justamente pela questão da aglomeração. As escolas movimentam muita gente”, destacou.

O secretário lembrou que, além do direito a educação, existe o direito a vida. “Nós precisamos refletir se esse é o momento de voltarmos. Temos que olhar para os dois setores, público e privado, pois, enquanto governo, nós temos responsabilidades. Eu não tenho dúvidas de que as escolas estarão internamente seguras com os protocolos feitos por Sesi e Sebrae. Mas o problema será fora delas. Será a quantidade enorme de pessoas transitando e gerando riscos à saúde da nossa sociedade”, disse.

Getúlio Ferreira demonstrou preocupação principalmente com os alunos que se deslocarão através de transporte público. “Qualquer um que trafegue nesse transporte pode colocar em risco os outros estudantes, mesmo com todos os protocolos de segurança”.

Concluindo a questão do retorno às aulas, ele reforçou que o comitê científico do governo é o responsável por analisar se esse trânsito de alunos vai exercer forte influência sobre a taxa de transmissibilidade do Coronavírus. “E a decisão final será do grupo gestor do nosso governo”.

Após ser questionado pelo deputado Kelps Lima (SDD), presidente da comissão, sobre a possibilidade de se implementar o 4º ano do Ensino Médio, opcional e excepcional, no calendário de 2021, o secretário disse que já houve algumas discussões sobre o assunto.

“Essa proposta é muito boa e interessante, mas é preciso primeiro ter as condições financeiras para isso. Eu vou ter que contratar professores por mais um ano, aumentar a quantidade de alunos etc. No meu desenho, o aluno que passar no Enem, vai embora; porque ele já mostrou que tem condições de seguir para o ensino superior. Se ele não passar no Enem, vai ficar até o momento em que ele, na sua avaliação, se sinta pronto para sair da escola. Mas tudo isso ainda está em fase de avaliação”, finalizou.

O deputado Francisco do PT começou seu discurso destacando que o debate sobre a volta às aulas de forma segura é de alta complexidade, porque envolve inúmeros segmentos da sociedade. “Essa discussão envolve muita gente. Tem várias pessoas da minha convivência que perderam seus empregos. Isso é muito preocupante. Mas há também um outro conjunto de pessoas que temem pela sua vida e sua saúde”, falou.

Francisco frisou que, se há instituições aptas a garantir a segurança de todos na volta às aulas, o Governo do Estado estará aberto ao debate. “Mas é claro que a educação não se resume apenas ao ambiente dentro da escola. Existe também o deslocamento, seja com transporte público ou particular. Por isso eu sou da tese de que é muito pertinente o pleito das escolas particulares, mas ele não é simplista. Todo mundo é a favor da Educação, mas todos também temem pela saúde da população norte-rio-grandense”, encerrou.  

Para Tomba Farias (PSDB), o retorno deve acontecer agora, para quem optar por isso, seguindo protocolos rígidos de segurança. “Eu acho que devemos ter cautela, mas já está na hora de retornar. Precisamos reabrir as escolas, ainda que gradativamente. Mas somente aquelas que estiverem com protocolos altamente sérios”, ressaltou.

Segundo o parlamentar, as crianças só se adaptaram bem às aulas virtuais no início da pandemia. “Agora elas não aguentam mais. Os comportamentos dos nossos filhos estão sendo alterados pela falta de convivência no ambiente escolar. Além disso, já que abrimos tantas coisas no RN, está na hora de reabrir as escolas”. 

Também a favor da reabertura, o deputado Getúlio Rêgo (DEM) alegou que as crianças já estão apresentando problemas comportamentais por estarem há tanto tempo isoladas em casa. Outro ponto frisado por ele é que as escolas são espaços não apenas de aprendizagem, mas também de diversão e socialização. 

“Ainda tem o fato de que as escolas já estão quebrando. Muitos donos estão desesperados e já tiveram que demitir vários empregados. Por isso eu sugiro o retorno. E, para aqueles que têm pessoas de risco em casa, se forem enviar suas crianças e adolescentes às escolas, isolem essas pessoas mais vulneráveis”, acrescentou o parlamentar. 

Outro deputado favorável à reabertura das instituições de ensino foi Kelps Lima, que finalizou a reunião dando enfoque às diferenças entre o setor público e o privado. 

“Se uma escola privada reabrir sem as condições necessárias e, depois disso, começar a aparecer aluno contaminado, ela vai quebrar. É preciso lembrar que, no momento em que uma escola particular voltar a funcionar, ela estará assumindo responsabilidades e o risco de fechar suas portas de vez. Então, elas sabem o que estão fazendo”, iniciou. 

“Por outro lado, enquanto a escola pública não abre, quem vai pagando a conta são as crianças e adolescentes que vão ficando cada vez mais distantes da oportunidade de ingressar numa universidade”, acrescentou Kelps.

“Portanto, eu acho que a gente deve começar a reabertura das escolas, sim. E ofertando a opção aos pais de mandarem seus filhos ou não. E eu não digo isso porque quero enviar meu filho, até porque ele não irá. Mas isso é uma questão particular nossa, de saúde familiar. Eu concordo em retornar porque eu acho que temos que andar para frente, sempre com muita cautela e responsabilidade, mas pensando também na Educação do nosso Estado”, concluiu o deputado.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Motorista de aplicativo reage a assalto, foge e suspeitos são presos durante festa na Grande Natal

Um motorista de transporte de passageiros por aplicativo reagiu a um assalto e entrou em briga corporal com assaltantes que se passaram por clientes, na noite deste sábado (15), na Grande Natal. O homem conseguiu fugir, com um pequeno ferimento no peito, após um dos assaltantes passar a faca de raspão no peito dele. Três dos quatro suspeitos foram presos durante uma festa.

O crime aconteceu por volta das 18h. O motorista de 22 anos contou que aceitou uma viagem no município de Macaiba com destino à Redinha Nova, em Natal. Chegando ao local, no entanto, ele descobriu que no lugar da mulher que aparecia como passageira no aplicativo, ele iria levar quatro homens.

Ainda segundo o motorista, ele não desconfiou da atitude dos rapazes, que disseram que estavam indo para uma festa e agiram normalmente até chegarem ao bairro de destino. Porém, na rua onde estaria acontecendo a festa, os criminosos anunciaram o assalto. Dois colocaram facas no pescoço e no peito da vítima, porém o homem reagiu, entrou em luta com um dos suspeitos e conseguiu fugir. Na ação, ele acabou sendo ferido de raspão, no peito.

Os criminosos, então tentaram fugir no carro que é automático, porém, como não conseguiram colocá-lo para funcionar, abandonaram o veículo.

Acionada pela vítima, a Polícia Militar foi até a casa da solicitante do carro por aplicativo, e descobriu que a mulher era irmã de um dos suspeitos e prima de outro. Ela afirmou que eles estavam participando de uma festa em um casarão no bairro da Redinha Nova.

Ao chegar na festa, a PM encontrou três dos quatro suspeitos e os deteve. Dois são adolescentes. O quarto envolvido também foi identificado, mas não foi encontrado. Os detidos foram levados à Delegacia de Plantão.

Na manhã deste domingo (16), a vítima foi até o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), para exames de corpo de delito. Apesar do susto, o homem ficou feliz de poder voltar para a casa e encontrar a companheira, que está nos primeiros meses de gestação.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Após morte de entregador em acidente de trânsito, motociclistas protestam em Natal

Cerca de 200 moto entregadores fizeram um protesto pelas avenidas de Natal na manhã desta segunda-feira (17). O protesto cobra investigação sobre a morte do entregador Lucas Azevedo, de 22 anos, em um acidente de trânsito no último sábado (15). A manifestação começou por volta das 9h no Cemitério do Bom Pastor e foi encerrado na Avenida Salgado Filho em frente ao Natal Shopping.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Vigilante encontra cerca de 50 quilos de alimentos enterrados em quintal de escola municipal de Natal

Um vídeo feito por um vigia do Centro Municipal de Educação Infantil Professora Carmem Maria Reis, em Natal, mostra uma grande quantidade de alimentos enterrados nos fundos da escola. No vídeo, o vigia aparece desenterrando os alimentos. São cerca de 50 kg em embalagens de flocos de milho, arroz, farinha, açúcar e macarrão.

Com as aulas suspensas por causa da pandemia do coronavírus, a orientação da Secretaria Municipal de Educação era de que os alimentos das escolas fossem distribuídos para os pais dos alunos.

O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Professora Carmem Maria Reis funciona há 14 anos no bairro de Ponta Negra. As imagens foram anexadas a um pedido feito à Promotoria de Justiça da Educação de Natal para que o caso de desperdício seja investigado.

De acordo com o vigia que fez a denúncia, ele percebeu uma movimentação estranha de funcionários no quintal dos fundos da escola. Durante o plantão, ele foi até o local e, ao remover a terra, encontrou a comida enterrada.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Moradores fazem protesto no Passo da Pátria e interditam via

Moradores do Passo da Pátria, na zona Leste, fizeram um protesto no início da tarde desta segunda-feira, 17, que bloqueou parcialmente o trânsito no acesso ao Alecrim.

A polícia esteve no local e segundo as primeiras informações o protesto seria contra ações policiais no bairro.

BLOG DO BG

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Carreata de repúdio à punição aos policiais militares foi realizada em Natal

Organizada pelos movimentos sociais de direita do Estado, a carreata realizada na manhã deste domingo (16) reuniu mais de 200 veículos, centenas de famílias e contou ainda com a presença do deputado federal General Girão e do Coronel Hélio Oliveira, pré-candidato a prefeito de Natal pelo PRTB. A carreata teve como principais objetivos a manifestação de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, a normalização da atividade econômica no RN e o repúdio à punição aos policiais militares pelo Governo do Estado. Com concentração na praça do Mirassol, a carreata seguiu por ruas e avenidas da região sul de Natal e foi encerrada no entorno da Governadoria.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Sargento capota seu carro e esposa morre

O sargento William comandante do destacamento da PM da cidade de Upanema na região Oeste Potiguar, se envolveu em um grave acidente automobilístico no final da manhã deste domingo 16 agosto de agosto de 2020, na BR 110 a cerca de 10 KM da cidade onde trabalha.

As primeira informações apontam que o militar viajava com a esposa e teria perdido o controle do volante e capotado o veículo que desceu a ribanceira nas proximidades do Restaurante Sabores da Serra, naquele município. O sargento teria sofrido escoriações enquanto sua companheira, não temos ainda sua identificação, teria ficado gravemente ferida.

Os dois foram socorridos para o hospital da cidade, porém a esposa do sargento não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu ao dar entrada na unidade hospitalar. O Sgt William foi transferido para o Hospital Tarcísio Maia em Mossoró e de acordo com informações passa bem. Ainda não há informações sobre as causas do acidente.

FIM DA LINHA

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Cristiane Dantas representa ALRN em lançamento da campanha “Sinal Vermelho” do TJ

A deputada estadual e presidente da Frente Parlamentar da Mulher da Assembleia Legislativa, Cristiane Dantas (SDD), participou na manhã desta sexta-feira (14) da live de lançamento da campanha “Sinal Vermelho”, de combate à violência doméstica, promovida pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, em parceria com o Conselho Nacional de Justiça e Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte. Na ocasião, a deputada representou a Casa Legislativa.

“O TJ lança essa campanha e vem reforçar toda mobilização que está sendo feita no Rio Grande do Norte através do Agosto Lilás e da campanha da Assembleia Legislativa sobre o tema que é debatido diariamente em nossa Casa Legislativa”, destacou Cristiane Dantas.

A ação do Tribunal de Justiça trata do auxílio às vítimas de violência doméstica e orienta que estas apresentem, nos balcões de farmácias ou drogarias, a marcação de um “X”, na cor vermelha, na palma da mão.

“Na pandemia as mulheres apanharam mais, foram mais violentadas, tiveram que se calar. A campanha do TJ mostra que elas não estão sozinhas, isso porque entendemos que nós vizinhos, familiares e autoridades temos a obrigação de ajudar, de denunciar. Esse é um problema nosso e de toda sociedade”, disse a desembargadora Maria Zeneide Bezerra, ao abrir oficialmente a campanha.

Durante o lançamento, a deputada ainda detalhou as ações realizadas dentro da campanha da Assembleia Legislativa “Violência doméstica – Precisamos dar um basta nisso!”, além das atividades virtuais do mandato, como criação de leis de proteção à mulher e a criação de políticas públicas voltadas à garantia dos direitos das potiguares.

Durante a live a desembargadora Zeneide Bezerra informou que várias farmácias do Rio Grande do Norte aderiram à campanha “Sinal Vermelho”. “É mais um mecanismo de proteção às nossas mulheres que são vítimas de violência”, celebrou.

Participaram do lançamento a senadora Zenaide Maia (PROS), a governadora Fátima Bezerra (PT), o vice-governador Antenor Roberto (PCdoB), a deputada federal Carla Dickson (PROS), a deputada estadual Cristiane Dantas (SDD), o prefeito de Natal Álvaro Dias (PSDB), a vereadora Júlia Arruda (PCdoB), além de desembargadores, juízes, advogados e representantes de órgãos ligados à luta e ao combate a violência contra a mulher.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

PF apreende mais de 700 kg de cocaína no porto de Natal

A Polícia Federal realizou, na noite de ontem, 15/8, a maior apreensão de cocaína deste ano no Porto de Natal. O trabalho foi realizado em conjunto com a Receita Federal. No total, 703,95 kg da droga, foram encontrados dentro de um container carregado de manga que seguiria para a Europa.

A descoberta do entorpecente aconteceu em decorrência da intensificação do trabalho de fiscalização realizado pela PF e pela RFB naquele Terminal Portuário.

As investigações terão prosseguimento com o objetivo de identificar a autoria desse crime de tráfico internacional de drogas, cuja pena pode variar de 7 a 25 anos de reclusão.

A Polícia Federal acredita que essa apreensão reforça a importância das reuniões da Comissão Estadual de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis – CESPORTOS. Essa mesma Comissão, que é presidida pela PF e integrada pela RFB, tem como missão prevenir e reprimir os atos ilícitos nos portos, terminais e vias navegáveis.

Desde 2019, a Polícia Federal já apreendeu, em cooperação com a Receita Federal e somente no Porto de Natal, mais de 5 toneladas de cocaína.

por Caboré Locações Publicado em Notícias