Agentes apreendem 2.300 celulares nos presídios do Ceará após detentos ordenarem ataques

Agentes penitenciários apreenderam 2,3 mil celulares nos presídios cearenses nos últimos 22 dias, quando chefes de facção ordenaram uma série de ataques que ocorre no estado desde 2 de janeiro. Conforme a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), também foram recolhidas das unidades aparelhos de televisão e materiais ilícitos, como armas brancas.

Desde o início do ano ocorreram 232 ataques contra ônibus, carros, prédios públicos, prefeituras e comércios em 50 dos 184 municípios cearenses. As ações começaram em Fortaleza e se espalharam para a Região Metropolitana e diversas cidades do interior.

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s