Conselho Regional de Medicina alerta para falta de UTIs no RN

Comunicação
 O Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte (Cremern) revelou nesta segunda-feira (13) preocupação diante da possibilidade de faltar leitos de Unidades de Terapias Intensivas (UTIs) no Estado para os pacientes graves infectados pelo novo Coronavírus. A informação foi compartilhada pelo presidente da entidade, o médico Marcos Lima, durante sua participação em mais uma reunião por videoconferência da Comissão de Enfrentamento ao Novo Coronavírus da Assembleia Legislativa.

“A preocupação é que se houver necessidade rápida de leitos de UTI, teremos óbitos evitáveis, casos de pacientes que não tiveram oportunidade a leitos de UTIs. É essa preocupação que a gente tem. Isso já deveria estar pronto, preparado, com equipe aguardando. Temos que torcer para que não aconteça. Mas, se acontecer, com a estrutura pronta esperando, vai facilitar vida de todos”, disse o presidente do Cremern.

Para suprir a falta de leitos, uma das medidas adotadas pelo Estado tem sido investir na construção de um Hospital de Campanha, que será montado na Arena das Dunas ao custo de R$ 37 milhões. Questionado sobre a necessidade desse investimento pelo deputado Tomba Farias (PSDB), Marcos Lima disse que esta ação não deveria ser a prioridade neste momento.

“Minha opção seria investir em toda a estrutura já existente no Estado. O Hospital de campanha seria uma exceção. Se chegássemos no limite da capacidade e fosse necessário algo extra, aí sim seria importante. Mas nós não temos isso, nossa realidade não é essa. Precisamos estruturar a rede atual. Com isso sendo insuficiente, justificaria um hospital de campanha”, explicou o médico.

A situação do Hospital Giselda Trigueiro, referência no tratamento de doenças infectocontagiosas no Rio Grande do Norte, ganhou especial atenção durante o debate da comissão. Marcos Lima revelou que a unidade passou alguns dias da semana passada sem kits para realização do exame de gasometria – que verifica a oxigenação do paciente é fornece informações importantes para pacientes entubados e em situação crítica. “Isso nos desespera porque imagina se tiver um aumento significativo de casos”, completou.

De acordo com o presidente do Conselho, o Estado tem a oportunidade diante da pandemia de “melhorar a questão estrutural, de insumos, equipamentos e recursos humanos, e pode fazer com que essas melhorias fiquem de forma definitiva. Seria muito bom, depois de toda essa luta que a gente pudesse no final dizer que serviços melhoraram, temos boas estruturas. Da mesma forma que pensamos no legado da Copa, que pudéssemos pensar no legado de uma pandemia, que algo de positivo fique para os potiguares”, justificou.

O deputado Sandro Pimentel (Psol) abordou sobre a necessidade do uso de equipamentos de proteção por parte dos profissionais de saúde, mesmo os que não estão na linha de frente de combate ao novo Coronavírus. Marcos Lima explicou que o Cremern aprovará uma recomendação neste sentido, para que os chamados EPIs possam ser utilizados em todas as atividades da saúde.

Presidente do colegiado, o deputado Kelps Lima (SDD) questionou o Cremern em relação aos números polêmicos apresentados pela Secretaria Estadual de Saúde Pública, (Sesap-RN), que projetavam mais de 11 mil mortes no Estado em maio. “Foi realmente muito polêmico, ainda mais pelo momento de pânico que já existe. E os números foram realmente bem acima do que poderíamos imaginar. Fora da realidade até do que tem ocorrido em países que tem passado por isso”, respondeu o médico.

Já o deputado Dr. Bernardo (Avante), que também é médico, questionou ao presidente do Cremern sobre os pagamentos dos salários dos profissionais de saúde. Marcos Lima explicou que muitos dos chamados terceirizados “já se acostumaram” a receber apenas após três meses, mas que a maior preocupação da entidade é justamente com os profissionais que fazem parte do grupo de risco – idosos ou pessoas com algum tipo de doença prévia. Muitos deles estão se submetendo a riscos para não perder a manutenção dos seus salários.

Uma nova reunião da Comissão de Enfrentamento ao Coronavírus deverá ocorrer nesta quarta-feira (15), mais uma vez por meio de videoconferência.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s