Criminosos invadem unidade de saúde, roubam computador e desperdiçam 1,3 mil doses de vacinas em Natal

criminososCriminosos invadiram a Unidade Mista de Saúde de Felipe Camarão, na Zona Leste de Natal, e desperdiçaram todo o estoque de vacinas que estava armazenado no local. Os bandidos entraram na unidade por uma janela, reviraram a sala de vacina e ainda roubaram um computador, na madrugada desta quarta-feira (6).

De acordo com a direção da UMFC, o crime ocorreu por volta das 3h. O guarda que cuidava da segurança do posto de assistência médica ouviu um barulho, mas quando percebeu o arrombamento, os criminosos já tinham fugido. A Polícia Militar foi acionada e faz buscas na região.

Na tentativa de encontrar objetos de valor, os suspeitos destruíram 1.369 doses de 16 tipos de imunização sendo 340 doses de influenza, que chegaram à Felipe Camarão na terça-feira (5). As doses seriam distribuídas na terceira fase da vacinação contra a gripe, que começa no sábado (9).

“Não acreditamos quando vimos o ocorrido. Recebemos todas as doses do mês da vacina contra influenza e elas foram desperdiçadas. Tanta gente procurando para ficar imune ao H1N1, que é um vírus que também mata, e simplesmente alguém joga tudo fora”, comenta Sérgio Albuquerque, diretor da unidade.

Além da imunização contra influenza, a unidade de Felipe Camarão perdeu todas as vacinas oferecidas pela rede pública, inclusive a pentavalente, responsável por proteger contra doenças como tétano, difteria e hepatite. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), essa vacina era aguardada “há meses” e só agora a situação havia sido regularizada. A vacina pentavalente é aplicada nas crianças entre o segundo e o sexto mês de vida.

“A gente está solicitando a Secretaria Municipal de Saúde, que está prestando todo o apoio, para que encaminhe um novo lote. Agora vai ser um pouco mais difícil, vai demorar uns dias, vai atrasar a vacinação em um momento tão crítico”, completou Sérgio Albuquerque.

G1 RN

por Caboré Locações Publicado em Notícias

70º Homicidio em Mossoró 2020: Assuense é baleado no Abolição III e morre no Hospital Tarcísio Maia

assusnse.jpgA cidade de Mossoró, na região Oeste Potiguar registra o 70º homicídio do ano. O crime aconteceu na noite desta terça feira 05 de maio de 2020, no Conjunto Abolição III, onde foi vítima Francisco Wilderlan de Oliveira Brito de 33 anos.

Segundo informações da Polícia Militar, a vítima que era natural de Assu RN, trafegava de bicicleta em via pública quando foi baleada. Francisco Wilderlan ainda chegou a ser socorrido pelo Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia, porém não resistiu e foi a óbito durante a madrugada, naquela unidade hospitalar.

Até o momento não há informações sobre a motivação do crime. A Polícia desconhece a identidade da autoria do Assassinato. Familiares falam em assalto e que a vítima se negou a entregar sua bicicleta. A Polícia não confirmou essa versão.

O corpo da vítima foi encaminhado no início da manhã desta quarta feira (06) para o Instituto Médico Legal (IML) do Itep onde será examinhado e depois liberado para os familiares. O crime será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios de Mossoró.

Fim da Linha

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Policiais e bombeiros cobram atualizações salarial aos promovidos

Enquanto os Policiais e Bombeiros Militares lutam diuturnamente para defender a sociedade, mesmo em meio a pandemia do coronavírus (COVID-19), o governo do estado não cumpre a sua parte.

Além de não promover as devidas condições de trabalho, ainda deixa de atualizar os salários de centenas de militares promovidos em agosto e dezembro de 2019 e juntando agora aos de abril de 2020.

Tal situação tem provocado considerável desestímulo e insatisfação entre os profissionais que assumiram novas funções nas corporações, mas não tiveram ainda a respectiva remuneração implantada em seus contracheques.

Mesmo ante tamanho descaso, os PMs e Bombeiros seguem de forma ininterrupta exercendo suas funções na proteção da população potiguar e aguardando providências do Governo do RN.  

Assessoria de Comunicação APRAM

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Inquérito investiga fuga de sete presos de cadeia pública de Mossoró

A Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) registrou Boletim de Ocorrência da fuga ocorrida na segunda-feira (4) na Cadeia Pública de Mossoró, à Polícia Civil daquele município e comunicou detalhes do ocorrido ao Ministério Público Estadual.

Dez policiais penais que estavam na unidade prisional no momento da fuga foram ouvidos de forma preliminar ao Processo Administrativo Disciplinar.

O Departamento de Inteligência e o Grupo de Escolta Penal continuam diligenciando para capturar os sete fugitivos: Jefferson de Melo Nogueira e Geovani de Melo Nogueira, ambos sentenciados, e os provisórios Antônio Vitor Silva Melo, Alberto Soares de Sousa Dantas Filho, Douglas Alves Pereira da Cunha, Raimundo Raiele da Silva e Gilson Jadson Marcelino da Silva

Os fugitivos pularam o muro do pátio durante o banho de sol. As imagens das câmeras de circuito interno da cadeia pública foram disponibilizadas às autoridades para ajudar na apuração do caso.

Por Jair Sampaio

por Caboré Locações Publicado em Notícias