Idoso de 70 anos morre em tentativa de assalto em Natal

Um idoso de 70 anos morreu após reagir a uma tentativa de assalto, no bairro Tirol, Zona Leste de Natal. O caso ocorreu na manhã deste domingo (10), no cruzamento da Avenida Prudente de Morais com a Rua Jundiaí.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava prestes a entrar em um condomínio na região quando foi abordado por quatro criminosos armados. Eles cercaram o veículo e tentaram render o idoso, que reagiu e foi baleado. Mesmo ferido, o homem acelerou e tentou escapar dos criminosos, mas foi alcançado.

Os suspeitos abriram a porta do carro, arrastaram a vítima para fora e quando iriam escapar no veículo foram surpreendidos por um policial à paisana que atirou contra os bandidos, segundo a PM. Os criminosos fugiram, mas logo foram localizados pela polícia. Dois bandidos – menores de idade – foram apreendidos e levados para a Central de Flagrantes da Polícia Civil.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Giselda Trigueiro está com todos os seus leitos destinados aos pacientes infectados pelo coronavírus ocupados

assembleia.jpegHospital considerado referência para o tratamento da Covid-19 no Rio Grande do Norte, o Giselda Trigueiro está com todos os seus leitos destinados aos pacientes infectados pelo coronavírus ocupados. A informação foi divulgada pelos médicos fisioterapeutas Rômulo Jorge Galvão e Saint-Clair Bernardes, que atuam exatamente nas Unidades de Terapia Intensiva da unidade hospitalar, durante reunião da Comissão de Enfrentamento ao Coronavírus da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O colegiado voltou a se reunir por meio de webconferência na tarde desta sexta-feira (08).

O Giselda possui 126 leitos, sendo 25 destinados exclusivamente para pacientes com Covid-19, todos com respirador. Segundo Rômulo, as vagas estão todas ocupadas, porém apenas 5 pacientes estão entubados – são os chamados casos mais graves da doença. Os demais estão recebendo suplementação de oxigênio. Porém, a expectativa é que os casos mais leves aos poucos deem espaço para que o local se dedique apenas aos pacientes em situação mais agravada.

De acordo com Rômulo, a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) está transferindo os pacientes que não possuem a Covid-19 do Giselda para o Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol), forma encontrada de abrir mais leitos para o tratamento destes casos. Porém, parte dos recursos humanos também terão que ser deslocados, o que poderá causar um desfalque de profissionais no hospital referência.

Saint-Clair destacou que uma das grandes conquistas obtidas pelo Giselda em meio a atual pandemia foi a implementação do atendimento de fisioterapia durante 24 horas na unidade. O médico esclareceu que são estes os profissionais habilitados a lidar com a questão dos respiradores e ao tratamento das sequelas que estes aparelhos podem causar nos pacientes. “Esse trabalho 24 horas é muito importante porque é uma doença que tem alta gravidade, e nos momentos agudos aqueles que tiverem o manejo inadequado no respirador, podem ficar com sequelas físicas. O fisioterapeuta também é responsável por reabilitar esses pacientes”, disse.

O deputado Sandro Pimentel (Psol) questionou aos especialistas se a situação atual enfrentada pelos profissionais tem causado medo, diante do risco de contrair o coronavírus. “Hoje é uma situação preocupante. Estamos na frente de batalha dessa pandemia. São reportagens, são colegas adoecendo, óbitos de pacientes e isso nos causa medo. Mas a nossa força, nosso intuito de salvar os pacientes, é maior. Supera tudo. Se não estivermos aqui, quem irá cuidar da população? Nossa força supera nosso medo. Nosso objetivo é salvar vidas”, respondeu Rômulo.

“O medo é frequente. São procedimentos do dia a dia, onde o profissional está de frente com o paciente. A taxa de profissionais de saúde infectados é muito grande. A doença tem um poder de transmissão antes de apresentar sintomas. Muitos profissionais estão se infectando e transmitindo para colegas e pacientes. Então é uma situação preocupante”, disse Saint-Clair.

O deputado Tomba Farias (PSDB) voltou a cobrar do Governo do Estado mais resolutividade nas questões envolvendo os profissionais de saúde. “A prioridade número um precisa ser os profissionais, porque sem vocês não vamos a lugar nenhum. É preciso proteger a vida desses profissionais. E estamos dependendo do Governo providenciar equipamentos de proteção, dar garantias para o trabalho”, disse.

Presidente da Comissão, o deputado Kelps Lima (SDD) destacou sugestão que encaminhou ao Governo do Estado para que fosse criado um seguro de vida temporário para os profissionais que estão trabalhando na linha de frente no combate ao coronavírus. O parlamentar enfatizou que, além dos médicos, também é preciso destacar enfermeiros, seguranças e trabalhadores terceirizados dos hospitais. “Estão todos sob risco de vida. Imagine com o desarranjo econômico que se avizinha, o que pode acontecer com suas famílias. Então, nossa sugestão seria criar um seguro de vida temporário”, completou.assembleia

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Covid-19: números de casos aumentam e secretário recomenda respeito às medidas de contenção

A única vacina comprovada para deter o coronavírus é o isolamento social, por isso mais uma vez o secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia, na coletiva de imprensa para atualização dos dados da Covid-19 no Rio Grande do Norte, realizada neste sábado (09), na Escola de Governo, foi enfático ao recomendar que a população permaneça em casa. “Amanhã é dia das mães, data especial para demonstrar amor às matriarcas da família. Vamos demonstrar esse sentimento protegendo nossas mamães e avós. Fique em casa, só saia se for realmente essencial e se for sair, use máscara”.

Ele aproveitou a ocasião e fez uma reverência à memória de todas as mães que foram vítimas da Covid-19 e àquelas que estão na linha de frente nos serviços de saúde, e reiterou que devemos permanecer em isolamento social até que a pandemia passe. Hoje, temos mais 508 casos suspeitos, totalizando 6.696; mais 98 confirmados (total: 1.919); 662 recuperados; 39 óbitos em investigação; e 87 óbitos. De ontem para hoje, foram registrados seis óbitos, sendo 2 em Natal; e 1 em Apodi, 1 em Mossoró, 1 em Canguaretama e 1 em Grossos.

“Já havíamos alertado que o relaxamento do isolamento social, o descumprimento dos decretos, refletiria em mais casos confirmados, suspeitos e óbitos. Esse fato também se reflete na situação de internação”, disse. Atualmente, temos 285 leitos ocupados, sendo 161 na rede pública 161 e 124 na rede privada 124. Desse total, 143 pacientes estão em estado crítico e 104 em observação. Ele informou que hoje pela manhã havia fila de pelo menos 10 pacientes, mas a Sesap já autorizou a transferência para a rede privada, de acordo com a pactuação, caso não seja possível atendê-los na rede pública.

O secretário alertou que, se as medidas de controle e contenção não forem obedecidas, o sistema poderá entrar em colapso a qualquer instante. “Com aglomerados em filas e no comércio, sem as medidas adequadas de higiene, o vírus será propagado cada vez mais, pois já é comprovado que ele permanece em ambientes físicos por muito tempo”, alertou.

Cipriano informou que foram abertos 10 novos leitos no Hospital São Luiz, mais 5 no Hospital Regional Tarcísio Maia e mais 10 no Hospital Rafael Fernandes, em Mossoró. Em Natal e Região Metropolitana, está havendo limitação para abertura de novos leitos, devido à falta de equipamentos, além de trâmites burocráticos, mas uma das soluções para ampliar o número de leitos na Capital está sendo a transferência de pacientes do Hospital Giselda Trigueiros para outras unidades hospitalares, liberando esses leitos para pacientes em estado de observação. “A gente volta a alertar para que a população obedeça às medidas de contenção”, pontuou.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Mulher diz que não sabe se contraiu Covid-19 no hospital de Currais Novos

Uma funcionária da saúde de Jucurutu que esteve com o pai internado em Currais Novos até o dia 22 disse que contraiu o Covid-19 e não sabe se foi no hospital Dr. Mariano Coelho. O áudio foi compartilhado nas redes sociais de Jucurutu.

por Caboré Locações Publicado em Notícias