Fiscalização flagra ‘gato’ de energia em fábrica de gelo pela 2ª vez em menos de um mês e responsável é preso na Grande Natal

Equipes técnicas da Cosern, com apoio da Polícia Civil, identificaram e desativaram, pela segunda vez em menos de um mês, uma ligação clandestina de energia elétrica – conhecida como “gato” – numa fábrica de gelo na praia de Genipabu, na Grande Natal, na manhã desta quinta-feira (14). O dono do estabelecimento foi preso em flagrante por fraude.

A fábrica de gelo foi um dos endereços alvos da “Operação Gato Gelado” que a Cosern realizou em 22 de dezembro em 33 municípios potiguares e acabou desativando 25 irregularidades e resultando na prisão de cinco pessoas pela polícia. Na ocasião, o responsável pela fábrica de gelo conseguiu fugir do local.

Nesta quinta-feira (14), ele foi preso em flagrante pela polícia e levado para a delegacia de Extremoz. Além do “gato” Identificado na fábrica de gelo, as equipes da Cosern retiraram ligações irregulares de outras seis residências nas proximidades.

O gato de energia é crime e a pena para o responsável pela fraude pode chegar oito anos de prisão, segundo a companhia energética do Rio Grande do Norte.

“Além de crime, o “gato” representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo. A ligação clandestina também provoca perturbações no fornecimento de energia da região e pode causar a queima de eletrodomésticos dos vizinhos”, afirmou Gilmar Mikeias, gerente de Recuperação de Receita da Cosern.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Deixe seu comentário!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s