Coronel Azevedo chama atenção para dados de mortes violentas no RN

coronel azevedo.jpgO deputado estadual Coronel Azevedo (PSC), presidente da Frente Parlamentar da Segurança Pública, chamou atenção em seu pronunciamento, durante a sessão ordinária desta quinta-feira (7), na Assembleia Legislativa para dados do Observatório da Violência do RN (Obvio), que monitora, contabiliza e analisa as mortes violentas intencionais no Rio Grande do Norte.

“De janeiro a outubro deste ano, foram 903 pessoas assassinadas em vinte cidades. No total, foram 1.206 mortes violentas em todo o RN. Uma redução de 29,3% quando comparado ao mesmo período do ano passado em que 1.708 pessoas foram assassinadas no Estado”, relatou o deputado.

O parlamentar divulgou o nome de 20 municípios que segundo ele, lideram o ranking das cidades mais violentas do Estado, são elas; Natal, Mossoró, São Gonçalo do Amarante, Macaíba, Parnamirim, Ceará-Mirim, Canguaretama, Extremoz, São José de Mipibu, Touros, Caicó, Santa Cruz, Assú, João Câmara, Nísia Floresta, Monte Alegre, Vera Cruz, Carnaubais, Areia Branca e São José do Campestre. “Não podemos deixar que um estado com potenciais turísticos e econômicos como o nosso fique à mercê da bandidagem. Precisamos, caros colegas, tratar e debater a segurança pública do Rio Grande do Norte como uma política de estado e não de governo”, disse Coronel Azevedo.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Suzuki e Mitsubishi vão fechar as portas em Natal (RN)

As concessionárias Suzuki e Mitsubishi fecham as portas em dezembro em Natal (RN). Mesmo como recente aquecimento das vendas de veículos. Qual terá sido o fator de decisão? Também quem encerrou duas atividades ontem (07) foi o Supermercado Hiper Bom Preço da Prudente de Morais.

Por Robson Pires

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Mulher acusada de mandar matar a própria mãe a marretadas é absolvida; júri condena assassino a 12 anos

absolvicaoApós quatro anos de espera e 13 horas de julgamento, o júri popular decidiu absolver uma mulher que era acusada de ser a mandante do assassinato da sua própria mãe, a marretadas. O crime aconteceu no município de Macaíba, região metropolitana de Natal, em julho de 2015.

Assassino confesso, o pedreiro Geraldo José Amaro do Nascimento, que trabalhava na casa da vítima, foi condenado a 12 anos e 6 meses de prisão por homicídio triplamente qualificado.

Taliany Masquiza de Freitas Lourenço, de 26 anos, foi acusada de ter sido a mandante do crime que vitimou sua própria mãe, Normalice de Freitas Lourenço, de 41 anos, na noite de 30 de julho de 2015, dentro de uma casa no centro de Macaíba, cidade da região Metropolitana de Natal.

“Foi feita Justiça, tanto da terra como de Deus, foi cinco anos guerreando, cinco anos orando, cinco anos tentando realmente provar minha inocência”, ela afirmou, emocionada.

A prisão da filha, que na época tinha 22 anos, aconteceu após depoimento do próprio assassino, que disse que teria cometido o crime em troca de dinheiro. Após o crime, ele levou R$ 35 mil e um carro da vítima.

Porém, durante o julgamento, Geraldo afirmou que mentiu na ocasião, por medo de ser preso, e que estava arrependido. Além disso, o réu confesso afirmou que cometeu o crime porque a vítima era uma pessoa difícil e que eles tinham brigado no dia do crime.

A Defensoria Pública, alegou que o homem agiu por legítima defesa e que ele tem problemas psicológicos. Porém, o júri popular, formado por três homens e quatro mulheres, decidiu condená-lo a 12 anos e seis meses de prisão.

“Me arrependo muito do que fiz e quero que ela (Taliany) seja feliz. Errar é humano, mas permanecer no erro é burrice. Hoje eu me sinto feliz, não porque ela (Normalice) morreu. Se eu pudesse, eu daria a vida dela de volta, mas não sou Deus. Mas creio que Deus vai abençoar a família dela”, disse o pedreiro.

Por G1 RN

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Garis são assaltados enquanto trabalhavam

Um grupo de 13 funcionários da Urbana, sendo 12 garis e o coordenador da equipe, foi assaltado enquanto fazia a limpeza de uma rua na Zona Norte de Natal nesta quarta-feira (6). Os bandidos levaram pertences das vítimas e chegaram a atirar na direção delas, mas a arma falhou.

De acordo com os próprios garis, o crime aconteceu por volta das 11h. Eles faziam a limpeza da Avenida das Seringueiras, no bairro de Nossa Senhora da Apresentação, quando dois homens se aproximaram em uma moto. Em seguida a dupla anunciou o assalto.

Os criminosos recolheram celulares, relógios e outros pertences do grupo. Logo depois, um deles, armado, apontou a arma na direção dos funcionários da Urbana e puxou o gatilho. Entretanto a arma não disparou e os assaltantes foram embora. Ninguém foi preso.

Por G1 RN

por Caboré Locações Publicado em Notícias