Informações sobre velório e sepultamento do companheiro DJ Big Francis

DJComunicamos com muita dor no coração que o nosso AMIGO, COMPANHEIRO E GRANDE LOCUTOR, Francisco de Assis Leite (Dj Big Francis), faleceu no início da tarde de hoje (20.11.19).
O velório acontecerá hoje, a partir das 19:00hs no Ginásio de Esportes Cortez Pereira (AERO CLUBE). A celebração de corpo presente irá acontecer amanhã (21.11) a partir das 7:00hs no mesmo local.
Em seguida, o cortejo seguirá até o cemitério de nossa senhora de Fátima no bairro Paizinho Maria.
Agradece a família, amigos e colaboradores da 95fm.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Escola da Assembleia leva cidadania a alunos potiguares

assembleiaPromover um dia inteiro de ações voltadas à cidadania, com debates e palestras que reforcem o conhecimento de direito e deveres dos jovens enquanto cidadãos, respeitando as diferenças e incentivando a tolerância entre os estudantes é o objetivo do projeto Conexão Cidadã, realizado pela Assembleia Legislativa, através da Escola da Assembleia.

Nesta terça-feira(19), a Escola Estadual Dom Nivaldo Monte, localizada no município de Parnamirim, Região Metropolitana de Natal, foi palco da segunda edição do Conexão Cidadã. A coordenadora acadêmica da Escola da Assembleia, Kássia Moura, abriu as atividades falando sobre a importância do projeto em trabalhar a conscientização e o exercício do cidadania: “A escola é um ambiente democrático onde é possível a transformação do cidadão por meio da educação”.

Kássia conversou com os alunos sobre o papel dos Poderes, enfatizando o Poder Legislativo, explicando as ações e atividades da Assembleia Legislativa do RN na busca constante de estar próxima e ativa na sociedade, além de detalhar o funcionamento da Escola da Assembleia que em dez anos de existência, tem fundamentado suas ações no desenvolvimento de processos formais de educação, por intermédio da formação permanente e continuada, visando fortalecer a atuação do Poder Legislativo, na construção de uma sociedade justa e igualitária. Por meio de pós-graduações, cursos, seminários, palestras e debates, a Escola da Assembleia busca aproximar a sociedade do Parlamento potiguar, bem como capacitar não só os servidores públicos, mas abrindo espaços para a comunidade.

A Professora Magnalva Medeiros, representante da Escola Estadual Dom Nivaldo Monte, agradeceu a oportunidade da instituição fazer parte do projeto Conexão Cidadã que considerou um grande apoio na construção da cidadania dos alunos e na conscientização que todos tem responsabilidades e são  parte integrante da sociedade.

O projeto Conexão Cidadã acontece em parceria com diversas instituições Norte Riograndense, nesta edição a programação iniciou com a palestra “Conhecendo Lucas” do Corpo de Bombeiros sobre primeiros socorros, a fim de promover a lei nº 13.722/2018, conhecida como Lei Lucas, ministrada pelo Sargento Henrique Eduardo.

A segunda palestra, “Eleitor do Futuro”, proferida pelo servidor público Solon Rodrigues e ofertada pela Escola Judiciária Eleitoral (TRE-RN), promove e capacita estudantes em matéria de educação política, por meio de atividades pedagógicas diversas como palestras e simulações de eleições com urnas eletrônicas.

Os alunos também receberam orientações sobre a prevenção ao uso das drogas, com a palestra “Droga é uma Droga” oriunda da Policia Militar do RN e dada pelo Sargento Luzenildo.

A Educação ambiental e sustentabilidade também foi tema de debate com os alunos. A Comissão de Educação Ambiental e Sustentabilidade da ALRN levou informação e conscientização sobre a necessidade de preservar o meio em palestra com as servidoras da ALRN Joana Darc Rodrigues e Claudia Catarina Ferreira.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

7 municípios participam da III Feira Étnico-racial durante todo o dia 20 de novembro na Cidade Alta

No dia 20 de novembro, quarta-feira, das 8 às 20 horas, acontece a III Feira Étnico-racial no Largo do Museu Café Filho, na Cidade Alta, em Natal. 20 expositores de 07 municípios do RN, além de Natal, vão participar da feira com artesanato e culinária quilombola, dos povos tradicionais (indígenas e ciganos) e de terreiro. Além disso, o evento vai contar com atividades artísticas e culturais.

3ª Feira Étnico-racial do RN têm por finalidade levar à população produtos artesanais dos Povos e Comunidades Tradicionais e de Entidades representativas que trabalhem a temática da Igualdade Racial, além de alimentos que caracterizam as diversas etnias tradicionais, formadoras da sociedade do Estado do Rio Grande do Norte. O evento está regulamentado pelo Edital de Chamamento Público Nº 02/2019 – SEMJIDH, publicado no D.O.E.

Natal, Parnamirim, Macaíba, Tibau do Sul, Coronel João Pessoa, Portalegre, Bom Jesus e Assu são os municípios expositores, o que corresponde a 20 inscrições entre as categorias e artesanato e culinária.

Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro e foi instituído pela Lei nº 12.519, de 10/11/2011. A data faz referência à morte de Zumbi, o então líder do Quilombo dos Palmares – situado entre os estados de Alagoas e Pernambuco, na Região Nordeste do Brasil. O Quilombo é um marco da resistência à escravidão no Brasil.

Foi, portanto, do alto do Atalaia de Acaiene, nas encostas da Serra da Barriga (AL), que vários guerreiros tiraram suas próprias vidas durante o assalto final das tropas portuguesas ao quilombo, em fevereiro de 1694. Zumbi conseguiu fugir para a cidade vizinha de Viçosa, sendo degolado um ano e nove meses mais tarde, em 20 de novembro de 1695.

A Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos – A SEMJIDH, por intermédio da Coordenadoria de Promoção de Políticas de Igualdade Racial (Coeppir) é responsável pelas políticas públicas destinadas ao segmento e vem atuando na busca de integração com as demais pastas da administração estadual, na perspectiva da transversalidade, para alcance se suas propostas.

Um exemplo disso é a defesa e o incentivo ao fortalecimento dos órgãos colegiados do RN – como o Conselho Estadual de Promoção das Políticas de Igualdade Racial (CONSEPPIR), para a construção e a manutenção de políticas públicas nos moldes da democracia participativa, com a responsabilidade do Estado, mas também da sociedade civil.

Entre as ações já desenvolvidas ou em curso do Governo do RN/SEMJIDH para promoção de políticas de igualdade racial, podem ser citadas a adesão ao SINAPIR (Sistema Nacional de Adesão à Política de Igualdade Racial); a reativação de Equidade, da Saúde Integral Negra e do Fórum das Relações Étnico-raciais; a construção do PPA (Plano Plurianual) no modelo de consulta popular para os 10 territórios da cidadania, em particular, com a participação do segmento de igualdade racial e na perspectiva da interiorização da política pública; as tratativas com os segmentos da sociedade civil para a construção do Plano Estadual de Segurança Pública (PESP/RN), com impactos positivos ao prezar pela valorização de vidas negras; além da ativação do Grupo de Trabalho (GT) para elaboração do Plano Estadual de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (PEIR), garantindo a intersetorialidade com todos os órgãos de Governo; assim como, a implementação de cotas raciais para o ensino superior em nível estadual.

Neste mês de novembro, período em alusão à consciência negra, o IBGE publicou um estudo no qual a reparação histórica do povo negro brasileiro parece já demostrar índices positivos no campo da educação superior, apesar das desigualdades em termos de oportunidades de emprego, renda, segurança, representação política, por exemplo, ainda demandar grandes avanços.

Intitulado “Desigualdades sociais por cor ou raça no Brasil”, o estudo do IBGE revela que pretos ou pardos estão mais escolarizados, mas desigualdade em relação aos não negros permanece. Pretos ou pardos passaram a ser 50,3% dos estudantes de ensino superior da rede pública em 2018, porém, como formavam a maioria da população (55,8%), permaneceram subrepresentados, explica a análise do IBGE.

“Entre a população preta ou parda de 18 a 24 anos que estudava, o percentual cursando ensino superior aumentou de 2016 (50,5%) para 2018 (55,6%), mas ainda ficou abaixo do percentual de brancos da mesma faixa etária (78,8%)”. Cresceu também em 2018, o indicador de pretos e pardos dentro da escola.

No entanto, no mercado de trabalho, os pretos ou pardos representavam 64,2% da população desocupada e 66,1% da população subutilizada. E, enquanto 34,6% dos trabalhadores brancos estavam em ocupações informais, entre os pretos ou pardos esse percentual era de 47,3%.

Quanto ao rendimento médio mensal, os pretos ou pardos com o mesmo nível de instrução recebem salários inferiores. A desigualdade também estava presente na distribuição de cargos gerenciais, somente 29,9% deles eram exercidos por pessoas pretas ou pardas.

Pretos ou pardos são mais atingidos pela violência. Em todos os grupos etários, a taxa de homicídios dos pretos ou pardos superou a dos brancos. A taxa de homicídios para pretos ou pardos de 15 a 29 anos, ou seja, para a juventude negra, chegou a 98,5% em 2017.

Segundo o IBGE, não há igualdade de cor ou raça na representação política também, apenas 24,4% dos deputados federais, 28,9% dos deputados estaduais e 42,1% dos vereadores eleitos eram pretos ou pardos.

EXPEDIENTE:

III Feira Étnico-racial do RN em alusão ao Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra

Data, hora e local: 20/11 (quarta-feira) – 8h às 20h Largo do Museu Café Filho (Rua da Conceição, 601 – Cidade Alta)

Promoção: Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos  SEMJIDH, por intermédio da Coordenadoria Estadual de Políticas de Promoção da Igualdade Racial – COEPPIR.

Parcerias:

·       Secretaria de Estado da Saúde Pública – SESAPpor meio da Subcoordenadoria de Educação, Comunicação e Informação em Saúde (SIEC/CSP)

·       Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social – SETHAS

·       Fundação José Augusto – FJA

·       Governo Cidadão.

 Banner_675x90-governo

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Dupla é condenada a 24 anos de prisão por chacina na Zona Leste de Natal

chacinaO Tribunal do Júri condenou dois homens, integrantes de uma facção criminosa, acusados de serem os autores de uma chacina que aconteceu no bairro das Rocas, na Zona Leste de Natal, em 2017. Eles responderam pela prática de seis crimes de homicídio duplamente qualificado, sendo quatro consumados e dois tentados.

Jonas da Silva Gomes e Edivaldo Fagundes da Rocha foram condenados a penas de 24 anos e dois meses de reclusão cada, em regime fechado.

O crime aconteceu no dia 27 de setembro de 2017, por volta das 13h, em um imóvel que ficava no beco do Releixo. De acordo com a denúncia, a vítima Vladson Barros de Andrade mantinha no imóvel onde foi assassinado um ponto de venda de drogas, além de ser integrante de uma facção criminosa.

Segundo a Justiça, a casa de Vladson era frequentada por usuários de drogas e pessoas que desejavam vender ou trocar objetos, como era o caso das demais vítimas da chacina: Dayse Suely França, Radanézio Barbosa, Eduardo Alisson de Oliveira, além de outros dois que ficaram feridos, mas sobreviveram.

Ainda segundo a denúncia acatada pelo júri, Vladson pretendia fundar uma nova facção criminosa, o que gerou um descontentamento dos líderes do seu grupo. Por este motivo, os réus Jonas da Silva e Edvaldo Fagundes da Rocha se uniram para matar ele.

Eles foram até a casa de Vladson e começaram a atirar contra todos que estavam no imóvel, atingindo fatalmente Dayse, Radanézio, Eduardo e Vladson, que morreram ainda no local.

Outras duas pessoas ficaram feridas, mas conseguiram sair do imóvel e foram socorridas.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

PF INVESTIGA VENDA IRREGULAR DE 500 MIL MUNIÇÕES DE ARMA DE FOGO NA REGIÃO SERIDÓ POTIGUAR

PFA Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (20), uma operação que investiga a venda irregular de munições para armas de fogo de vários calibres. De acordo com a corporação, a suspeita é de que 500 mil balas tenham sido vendidas de forma ilegal nos últimos cinco anos.

Ao todo, cinco mandados de busca e apreensão expedidos pela 9ª Vara Federal são cumpridos em Caicó, na região Seridó potiguar. Ainda de acordo com a PF, os mandados casas e comércios do município.

Segundo a PF, a investigação foi iniciada há dois meses pelas Delegacias de Repressão ao Tráfico de Armas – Delepat – e Delegacia de Controle de Armas e Químicos – Deleaq. De acordo com a apuração, dados repassados pelo Exército Brasileiro apontam que aproximadamente 500 mil projéteis podem ter sido comercializados irregularmente nos últimos 5 anos

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Na mesma avenida, uma loja foi arrombada e duas tiveram a porta forçada por ladrões

POR BLOG DO JOTA DANTAS – Uma livraria foi arrombada e mais duas lojas tiveram as portas forçadas, na cidade de Lagoa Nova, na madrugada de segunda para terça-feira. Segundo a policia militar, os criminosos ainda conseguiram levar 01 bolsa escolar e um quantia de R$ 60,00 em dinheiro.

As outras duas lojas que tiveram suas portas forçadas são uma sorveteria e uma loja de presentes, todas na Avenida Dr. Silvio Bezerra de Melo.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Tenente Garcia confirma sua pre candidatura a prefeitura de Currais Novos

Tenente GarciaO Tenente Garcia, oficial que destaca na cidade de Currais Novos, em uma rede social lançou seu nome como pré candidato a prefeito em Currais Novos para as eleições municipais de 2020. Já existia vários rumores, mas desta vez ouve a confirmação.

por Caboré Locações Publicado em Notícias

Senado aprova inclusão de Estados e municípios na reforma; texto vai à Câmara

congressoSenado Federal concluiu nesta terça-feira (19) a votação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que permite a inclusão de Estados e municípios nas regras da reforma da Previdência –a chamada PEC paralela. A economia esperada com a proposta é de cerca de R$ 350 bilhões em 10 anos. A PEC teve o 2º turno finalizado na mesma noite por 1 acordo entre os senadores por 53 a 7.

Havia 4 destaques, pedidos de voto em separado para alterar o texto principal, que foram rejeitados pelo plenário da Casa. O principal era de autoria do PT e tratava de aposentadoria por invalidez. A estimativa do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), era de que a aprovação deste destaque reduziria em R$ 83 bilhões a economia da PEC paralela em 10 anos.

O destaque do Pros foi rejeitado e o do PSDB foi retirado. As votações dos destaques foram marcadas pela falta de quorum e obstrução, chegando a ser adiada duas vezes por falta de senadores para que a discussão fosse adiante. O texto principal foi aprovado pelos senadores em 6 de novembro.

por Caboré Locações Publicado em Notícias